Publicidade
Publicidade
Publicidade
:
Sáb
26/07/14
Araguaína

Predomínio de Sol

34º 18º

Em Araguaína, programa habitacional poderá ser feito através do BB

23/11/2012 08h16 | Atualizado em: 28/11/2012 12h14
Texto:
Gostou?
  • (2)
  • (0)
Compartilhe:
Portal O Norte

 Da Redação


O prefeito eleito Ronaldo Dimas (PR) recebeu em sua residência nessa quinta-feira, 22, a visita de representantes da empresa JS Empreendimentos e do Incol - Instituto de Consultoria Pesquisa e Ciências Integrados. Durante a reunião, foi discutida a viabilidade de construção de pelo menos 930 habitações populares em parceria com o Governo Federal e Municipal a partir de 2013.

Déficit Habitacional
Em entrevista ao Portal O Norte, o representante do Encol, Abel Leite, explica que o Encol que atua na área de habitação de interesse social, foi procurado pela JS empreedimentos, para realizar uma análise técnica inicial no município de Araguaína, voltado para as questões de regularização fundiária e programas habitacionais. “Tanto o prefeito atual, Valuar Barros (DEM), quanto o prefeito eleito, Ronaldo Dimas tem colaborado bastante para a realização destes estudos na busca de solucionar o problema habitacional em Araguaína, onde o município apresenta um déficit em torno de 12 mil moradias. Uma de nossas propostas é a implantação de 930 unidades habitacionais no município”, disse Leite acrescentando ainda: “propomos atender a essa demanda, principalmente na faixa de 0 a 3 salários mínimos, que hoje compreende até 1.600 reais, que é a faixa (1) do programa Minha Casa Minha Vida do Governo Federal”.

Banco do Brasil
Uma das novidades nessa nova etapa do programa, deve ser a realização do mesmo através do Banco do Brasil. “Vale ressaltar que a Caixa Econômica Federal sempre tem estado à frente dos programas do Governo Federal, mas não é concorrente e sim parceiro do Banco do Brasil, mas defendemos que o BB enquanto parceiro, também tem condições de atuar diretamente no programa”, disse Leite afirmando que existe uma boa sinalização para que isso aconteça: “A presidenta Dilma no início do ano passado, determinou que esses agentes financeiros trabalhem em parceria, portanto, possivelmente a partir do ano que vem, a população deve contar com as duas instituições atuando no Minha Casa Minha Vida”.

Leite finaliza a entrevista, ressaltando que já está sendo encaminhada para Brasília, uma documentação base destas análises para apresentar junto à Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil.

Divino Bethânia
Quem também participou da reunião, foi o vereador Divino Bethânia Júnior (PSD), segundo ele: “Estamos participando desde o início dessa fomentação, porque nossa preocupação quanto vereador, fiscalizador, é que as casas sejam construídas em uma área que atenda as expectativas de seus moradores e possam ser entregues a pessoas que realmente precisam".
 

Acompanhe nossas atualizações em tempo real:

Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter Compartilhe via E-mail
Texto:
Gostou?
  • (2)
  • (0)
Compartilhe:

“Os comentários aqui postados são de inteira responsabilidade de seus autores, não havendo nenhum vínculo de opinião com a Redação da equipe do Portal O Norte”

Publicidade
Publicidade

Tem uma reportagem, fotos, vídeos, histórias ou curiosidades?

Mande para nossa redação. Seja você o REPÓRTER.