Publicidade
Publicidade
Publicidade
:
Qua
22/10/14
Araguaína

Pancadas de Chuva

30º 16º

O jovem Kaio Oliveira estudava para o concurso da Polícia Militar

29/04/2013 11h38 | Atualizado em: 29/04/2013 12h56
Texto:
Gostou?
  • (2)
  • (0)
Compartilhe:

Da Redação
 

Está sendo velado na sede da Cooperativa dos Mototaxistas de Araguaína, o corpo do jovem Kaio de Olivera, 19 anos, morto em um tiroteio na madrugada desse domingo, 28. O enterro do jovem acontece às 16h no Cemitério São Lázaro.

A equipe do Portal O Norte esteve durante a manhã no velório de Kaio. Durante a visita, familiares informaram que o rapaz era alegre, estudioso e tinha vários amigos.

Em entrevista ao site, a mãe do rapaz, Dona Graça, falou que a última vez que viu o filho foi no sábado, 27, antes dele sair. “Ele não queria sair, estava indisposto, mas mesmo assim foi. O Kaio saiu daqui para encontrar a namorada, mas acabou indo para essa Saideira e morto covardemente por lá”, conta a mãe muito abalada.

Kaio era filho do mototaxista, Lázaro de Oliveira Júnior, e tinha três irmãos, são eles: Paulo Henrique, João Paulo e Tainá Jomara. O mesmo namorava há cerca de um mês com Jaqueline Sousa Gomes. A namorada disse à nossa reportagem que ele era um bom companheiro, carinhoso e atencioso. No dia do tiroteio, Jaqueline contou que eles tinham se desentendido após ela desmarcar o encontro na conveniência. “Ele me disse, por mensagem, que caiu em uma poça de lama no local. A última coisa que ele me escreveu antes de morrer foi que eu nunca mais o aborreceria”, disse a namorada.


Sonho frustrado

Ironia do destino ou não, segundo a família, o jovem, além de estar se preparando para o vestibular de Direito, também estudava para a prova do concurso da Polícia Militar (PM), que será aplicada no próximo dia 26 de maio. "Ele queria seguir carreira de policial e terminou, pelo que eu ouvi falar, sendo morto por um Policial Militar", disse emocionada a irmã do rapaz.

Entenda

O jovem, juntamente com Letícia Barros de Lima, foi morto após um tiroteio na madrugada de ontem, 28, em uma conveniência da cidade. Kaio foi atingido com um tiro nas costas e na coxa. A família suspeita que os tiros foram disparados pelo policial Dioni Kaveira, que também foi atingido no tiroteio.

Outras três vítimas sobreviventes também foram internadas no Hospital Regional de Araguaína (HRA), são elas: Nayane Borges Wanderley e a menor de idade N. M. C. A. de 16 nos e o Policial Militar 
 


GALERIA DE IMAGENS

Acompanhe nossas atualizações em tempo real:

Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter Compartilhe via E-mail
Texto:
Gostou?
  • (2)
  • (0)
Compartilhe:

“Os comentários aqui postados são de inteira responsabilidade de seus autores, não havendo nenhum vínculo de opinião com a Redação da equipe do Portal O Norte”

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Tem uma reportagem, fotos, vídeos, histórias ou curiosidades?

Mande para nossa redação. Seja você o REPÓRTER.