Publicidade
Publicidade
Publicidade
:
Sáb
22/09/18

Família de menino de 5 anos faz apelo para doadores de medula

08/03/2018 08h59 | Atualizado em: 09/03/2018 11h35
Texto:
Gostou?
  • (2)
  • (1)
Compartilhe:
Divulgação

Amigos e familiares dos pais de uma criança de apenas cinco anos de idade estão mobilizando as redes sociais em Araguaína para conseguir ajuda para o pequeno que sofre há cerca de dois anos, depois de ter sido diagnosticado com leucemia e precisa urgentemente de doações de plaquetas e de medula.

Arthur Emanuel Soares Fialho vive com a família em Araguaína. Ele era uma criança sadia até que próximo de completar três anos, começou a surgir os primeiros sintomas da doença. “Nós estávamos em uma chácara com a família, ele passou o dia brincando se divertindo e quando voltou para casa começou a reclamar de dores na perninha, em seguida deu uma febre que não cessava com nenhum medicamento”, lembra a dentista Maria Luiza Araújo que é madrinha de Arthur e conversou com nossa reportagem sobre o caso.

Segundo Maria Luiza, o afilhado foi submetido a vários exames e dez dias depois eles descobriram que o Arthur sofria de (Leucemia Linfóide Aguda), quando foi transferido imediatamente para o Hospital Geral de Palmas (HGP). “Depois de proceder com o tratamento ele foi liberado para ir para casa e estava em manutenção, recomeçou suas atividades normais como brincar, ir à escola mas em janeiro deste ano ele passou mal novamente, deu uma febre muito alta e a barriguinha inchou”, disse a madrinha.

Levado para o hospital, os médicos detectaram que o baço e o fígado de Arthur estavam inchados e através de exames constataram que a doença havia voltado, mais agressiva. “Agora a solução para o nosso pequeno é só transplante de medula”, lamentou Maria Luiza explicando que a criança também precisa de doação de plaquetas: “Ele estava tomando uma bolsa de sangue por dia, ontem aumentou para três e por isso que estamos precisando urgente de doações”, disse.

Arthur é filho único, o pai, Izac Fialho Pereira, trabalha em um comércio agropecuário e a mãe, Rosana Silva Soares é Educadora Física. Segundo a madrinha do menino, os dois estão afastados do trabalho para cuidar do filho que está internado em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em Palmas.

Os pais de Arthur também tem passado por dificuldades financeiras para continuar na capital: “Eles precisam de ajuda para transporte, alimentação e hospedagem e por isso a gente também disponibilizou a conta de Rosana para quem puder ajudar financeiramente”: 

🔵 CAIXA ECONÔMIDA FEDERAL- AGÊNCIA: 0610 OPERAÇÃO: 013 CONTA POUPANÇA: 61465-1
ROSANA SILVA SOARES

Ainda conforme a madrinha, os médicos estão procedendo com uma última tentativa de quimioterapia com Arhtur, mas ele deve ser transferido para São Paulo nos próximos dias para realizar o transplante e por isso um outro pedido reforçado pela família é a doação de medula óssea. “A gente pede para que as pessoas se sensibilizem e cadastrem-se no Hemocentro mais próximo para que possamos salvar a vida de nosso menino”.

A família também pede oração das pessoas e agradece a cada um que puder contribuir com a causa: “Foi um baque muito grande, é uma momento muito doloroso para todos nós mas estamos buscando força para lutarmos junto com ele e contamos com a ajuda de quem puder nos apoiar”, concluiu Maria Luiza. 

Acompanhe nossas atualizações em tempo real:

Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter Compartilhe via E-mail
Texto:
Gostou?
  • (2)
  • (1)
Compartilhe:

?Os comentários aqui postados são de inteira responsabilidade de seus autores, não havendo nenhum vínculo de opinião com a Redação da equipe do Portal O Norte?

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Tem uma reportagem, fotos, vídeos, histórias ou curiosidades?

Mande para nossa redação. Seja você o REPÓRTER.