Impresso em: 19/01/2019 14:30:37
Fonte: http://portalonorte.com.br/estado-88647-estudantes-viajam-para-representar-o-tocantins-em-intercambio.html

Estudantes viajam para representar o Tocantins em intercâmbio

10/01/2019 10:04:33

Educação

Os estudantes Rafael Aguiar Morais, 17 anos, do Instituto Presbiteriano Vale do Tocantins, localizado em Paraíso, e Ana Gabriella Alves Guerra, 16 anos, do Colégio Pré-Universitário de Araguaína, Jovens Embaixadores 2019 representantes do Tocantins, estão em Brasília participando do encontro de preparação para a viagem de intercâmbio e estudos nos Estados Unidos.

Este ano, 50 jovens viajam para os Estados Unidos. Pela primeira vez, a embaixada americana selecionou dois alunos tocantinenses para representar o Estado. Esses alunos partem dia 11 de janeiro e retornam dia 3 de fevereiro.

Na primeira semana, os jovens visitarão Washington, capital dos Estados Unidos, e na agenda estão passeios a pontos turísticos, históricos e departamentos públicos. Nas duas semanas seguintes, eles serão divididos em grupos, que irão para diferentes estados, nessa fase, os estudantes ficarão hospedados em residências de famílias americanas, terão aulas em instituições do ensino médio e participarão de discussões sobre projetos de empreendedorismo.

O programa Jovens Embaixadores é uma iniciativa da Embaixada dos Estados Unidos, com a parceria do Conselho Nacional de Secretários da Educação (Consed) e das secretarias de educação dos estados.

Um dos critérios para ser selecionado como jovem embaixador é que o aluno desenvolva uma atividade voluntária. Rafael participa da ONG Anjos de Patas, que recolhe animais na rua e dá abrigo até conseguir adotá-los. “Estou ansioso com essa preparação para o intercâmbio”, frisa.

Ana Gabriella, por sua vez, destacou a aprendizagem que essa viagem irá proporcionar e as amizades com pessoas de diferentes países.

A coordenadora do programa no Tocantins, professora Maria da Conceição Ranke, explica que o programa Jovens Embaixadores favorece e impulsiona o protagonismo juvenil. “Por meio do intercâmbio cultural é possível expandir os horizontes, fortalecer valores voluntários e desenvolver o perfil de liderança dos jovens. Essa edição de 2019 nos propiciou recrutar dois representantes para o Estado. Estamos felizes por entendermos que isso sinaliza um nível de excelência de nossos estudantes e para uma educação pública comprometida com o protagonismo juvenil”, esclarece.

Josélia de Lima/Governo do Tocantins