Publicidade
Publicidade
Publicidade
:
Ter
23/05/17
Araguaína

Poss. de Pancadas de Chuva

34º 21º

Travesti morre 4 dias após ter sido espancada no meio da rua

12/04/2017 10h51 | Atualizado em: 17/04/2017 09h09
Texto:
Gostou?
  • (2)
  • (1)
Compartilhe:
Divulgação
Travesti morreu depois de ter sido violentamente agredida na madrugada do último dia 6 de abril.

A travesti que foi encontrada com sinais de espancamento no setor Entroncamento em Araguaína, não resistiu e morreu quatro dias depois do crime.

A morte de Marclei de Sousa Lima, conhecido como Vitória Castro, foi confirmada na noite da última segunda-feira (10). Ela sofreu edema e hemorragia cerebral provocados por múltiplas fraturas no crânio.

A Defensoria Pública do Tocantins, acompanhou o caso para garantir os direitos da vítima em vida e no sepultamento.

A travesti foi sepultada na manhã desta quarta-feira (12), no cemitério público localizado no setor Monte Sinai. 

Familiares, amigos e representantes da Atrato – Associação de Travestis e Transexuais do Tocantins e Coletivo Flor de Pequi se mobilizaram em um cortejo do IML ao cemitério.

Entenda o Caso

Na madrugada do dia 06 de abril, Vitória Castro foi encontrada desacordada na Rua Canindé, esquina com a Avenida Bernardo Sayão no Entroncamento de Araguaína. Ela foi socorrida e levada para o Hospital Regional da cidade, onde permaneceu internada até o dia em que não resistiu aos ferimentos.

Outras travestis que estavam próximas ao local do crime, disseram à polícia que antes de Vitória ser encontrada desmaiada, viram a vítima em companhia de uma outra travesti conhecida como “Cicareli”, esta por sua vez não foi localizada.

As travestis garantiram que não presenciaram as agressões e portanto desconhecem a identidade do autor do crime. 

Acompanhe nossas atualizações em tempo real:

Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter Compartilhe via E-mail
Texto:
Gostou?
  • (2)
  • (1)
Compartilhe:

“Os comentários aqui postados são de inteira responsabilidade de seus autores, não havendo nenhum vínculo de opinião com a Redação da equipe do Portal O Norte”