Publicidade
Publicidade
Publicidade
:
Qua
26/07/17
Araguaína

Predomínio de Sol

34º 16º

Dono de Clínica e funcionários são presos suspeitos de matarem paciente

15/05/2017 19h22 | Atualizado em: 16/05/2017 09h55
Texto:
Gostou?
  • (4)
  • (4)
Compartilhe:
Reprodução Portal O Norte
Douglas desapareceu em junho do ano passado.

A Polícia cumpriu nesta segunda-feira (15), mandados de prisão contra dois homens e uma mulher, suspeitos de envolvimento no desaparecimento de um jovem que estava internado em uma clínica de reabilitação de dependentes químicos em Araguaína. Os suspeitos são Paulo Guttierre Duarte Leite (dono da clínica CTA - Salvando Vidas), Leandro da Silva Araújo (Segurança) e Suely Pereira Duarte (Coordenadora Técnica).


(Foto Montagem: Portal O Norte)

Douglas Honório de Freitas (29 anos) desapareceu em 2 de junho do ano passado. Segundo depoimento dos suspeitos, Paulo Guttierre Duarte Leite e Leandro da Silva, Douglas estava sendo levado por eles, da clínica CTA para a Unidade de Pronto Atendimento do setor Araguaína Sul (UPA), quando o interno teria supostamente agredido o segurança Leandro e em seguida empreendido fuga. Desde então, o rapaz nunca mais foi visto nem mesmo pela família.

Em entrevista ao Portal O Norte, Simone Melo, delegada responsável pelo caso, afirma que as investigações indicam que Douglas está morto. “Diante de fatos apurados, concluímos que Douglas jamais poderia ter escapado, pois segundo relatos de testemunhas, ele estava muito dopado e machucado para conseguir agredir alguém e ainda fugir”.

Ainda segundo a delegada, durante a investigação foi solicitada a interceptação telefônica de Paulo Guttierre, no período retroativo relativo ao dia do desaparecimento de Douglas. "Ficou constatado que logo depois da suposta fuga de Douglas, Paulo Guttierre foi para a beira de um lago no município de Filadélfia, onde permaneceu durante uma hora e meia inclusive detectamos o sinal de que um carro ficou atolado no local e de lá o suspeito teria falado 14 vezes por telefone, com a tia Suely, responsável técnicada clínica”, disse Simone Melo.

Diante dos fatos apresentados, a polícia concluiu que as três pessoas tem envolvimento com o desaparecimento do jovem: “Douglas era um rapaz que tinha uma intensa vida social. Ele se envolveu com drogas e sua mãe o trouxe à força de Tucumã (PA), para que ele fosse internado na clínica de reabilitação. Depois de seu sumiço, ele não procurou a namorada, nem o filho, nem a família e tudo leva a crer que ele está morto e que seu cadáver foi ocultado”, concluiu a delegada.

Leandro e Suely foram presos hoje em Araguaína. Paulo Gutierre já estava encarcerado porque ele foi preso dias atrás por porte ilegal de arma e agressão à atual namorada. Ainda conforme à delegada, Paulo responde também pelo crime de estupro contra uma ex-namorada.

O mandado de prisão cumprido hoje trata-se de uma prisão temporária de 30 dias.

Sobre o possível local de desova do corpo de Douglas, os Bombeiros já teriam feito buscas no lago porém nada foi encontrado. Uma nova busca deverá ser realizada pela equipe. 

A clínica CTA já foi denunciada por maus tratos e hoje são autorizadas apenas internações voluntárias no local.  

Acompanhe nossas atualizações em tempo real:

Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter Compartilhe via E-mail
Texto:
Gostou?
  • (4)
  • (4)
Compartilhe:

“Os comentários aqui postados são de inteira responsabilidade de seus autores, não havendo nenhum vínculo de opinião com a Redação da equipe do Portal O Norte”

Publicidade

Tem uma reportagem, fotos, vídeos, histórias ou curiosidades?

Mande para nossa redação. Seja você o REPÓRTER.