Menu
Busca sábado, 24 de outubro de 2020
(63) 99958-5851
Araguaína
30ºmax
22ºmin
"DEUS TENHA PIEDADE"

Vídeo com denúncias e supostas irregularidades na gestão de prefeita do interior repercute nas redes sociais

17 outubro 2020 - 16h27Por Redação

Um vídeo que mostra uma série de supostas irregularidades na atual gestão de Arapoema, região Norte do Tocantins, tem repercutido nas redes sociais. A reportagem especial foi realizada pelo Jornalista Gerônimo Cardoso.  

Arapoema fica a cerca de 380 km de Palmas com pouco mais de 6,5 mil habitantes. O jornalista começa a reportagem destacando que a cidade que nasceu do garimpo de cristal, "merecia ter uma gestão mais transparente", e relembra que uma das primeiras iniciativas questionáveis da gestora, Lucineide Parizi Freitas, conhecida popularmente como "Professora Lu", foi a nomeação de familiares para ajudá-la a administrar o município: o marido, Renato Freitas Junior (Junião) foi escolhido por ela para assumir o cargo de secretário chefe de gabinete, uma espécie de secretário coringa. Além disso, o filho Renato Parizi Freitas, também foi colocado no primeiro escalão da prefeitura à frente  da Secretaria de Finanças.

Marido da prefeita e filho foram nomeados para cargos do primeiro escalão do governo (Foto: Reprodução)

Gerônimo Cardoso continuou a reportagem colocando em questionamento a forma como estariam sendo realizados os gastos do município: "Os números que vamos mostrar agora, assustam e trazem dúvidas e suspeitas de como o dinheiro público está sendo usado pela gestão da família Freitas", observa. 

 

Contratos Públicos

A exemplo disso, ele mostra que de 09 de julho de 2019 a 24 de setembro de 2020, a prefeitura gastou aproximadamente R$ 440.000,00 reais somente com uma empresa de autopeças em Araguaína, a I B DE SOUSA. 

Um outro gasto que segundo Cardoso chama atenção, considerando o porte da cidade, envolve o setor jurídico, onde somente com serviços advocatícios contratados com, Thiago Borges Sociedade Individual de Advocacia, a prefeita pagou de janeiro de 2018 a setembro de 2020 mais de meio milhão:  R$ 506.780,00 reais. 

Mais um fato destacado na reportagem é que o advogado, dono da empresa é o mesmo que representa a família da prefeita em ações particulares, como em um processo em que  professora Lú e o marido foram condenados a pagar 18 mil reais de dívida da campanha ainda de 2016. A decisão do dia 28 de setembro agora de 2020, foi o resultado da ação de cobrança pelo aluguel de um caminhão alugado para transportar o som e o palco da prefeita quando foi candidata em 2016.

"Será que é o povo de Arapoema que está pagando também a essa conta do advogado, que é contratado pela prefeitura?", pergunta Gerônimo Carodoso.

Ainda no vídeo, o jornalista recorda sobre uma ação judicial, onde a prefeita e o chefe de gabinete, foram acusados pelo Ministério Público de usar máquinas da prefeitura em sua fazenda: "Os equipamentos agrícolas foram apreendidos pela Promotoria de Justiça dentro de uma propriedade do casal, que responde pelos crimes de peculato e improbidade administrativa".

 

Máquinas que estariam sendo utilizadas pela prefeita e foram apreendidas pelo MPE — Foto: Divulgação

Diante da tentativa de reeleição de Professora Lu para continuar no comando do município, o jornalista encerra a reportagem com a seguinte afirmação: "Deus tenha piedade de Arapoema". 

O Portal O Norte procurou a administração de Arapoema para esclarecimentos sobre as denúncias mas ainda não obteve retorno. 

AO VIVO