Palmas
34º
Araguaína
32º
Gurupi
29º
Porto Nacional
34º
'A FLOR DO BURITI'

Filme premiado em Cannes com atores indígenas do Tocantins estreia no Brasil

06 julho 2024 - 09h07

Com atores indígenas e gravações realizadas no Tocantins, o filme a Flor do Buriti chega ao Brasil após ser premiado no Festival de Cannes e em outros nove festivais nacionais e internacionais. A obra narra a história de resistência do povo Krahô.

SIGA o Portal O Norte nas redes sociais: FacebookTwitter e Instagram

Dirigido por Renée Nader Messora e João Salaviza, o filme atravessa os últimos 80 anos dos Krahô, trazendo para a tela um massacre ocorrido em 1940, onde morreram dezenas de pessoas. Executado por dois fazendeiros da região, as violências praticadas naquele momento continuam a ecoar na memória das novas gerações.

“O filme nasce do desejo em pensar a relação dos Krahô com a terra, pensar em como essa relação vai sendo elaborada pela comunidade através dos tempos. As diferentes violências sofridas pelos Krahô nos últimos 100 anos também alavancaram um movimento de cuidado e reivindicação da terra como bem maior, condição primeira para que a comunidade possa viver dignamente e no exercício pleno de sua cultura”, explica a diretora.

O filme foi filmado durante quinze meses em quatro aldeias diferentes, dentro da Terra Indígena Kraholândia, no norte do Tocantins. Os indígenas encenam dois momentos históricos: um massacre ocorrido em 1940 e o recrutamento dos jovens, em 1969, para integrarem uma milícia indígena formada pela ditadura militar, no poder à época.

As lembranças contextualizam a situação atual dos krahô, que lutam por espaço na política e para livrar suas terras dos invasores, fazendeiros e traficantes de animais silvestres.

O reconhecimento do filme em diversos festivais internacionais, mostra que o mundo está realmente de olho nas questões dos povos originários no Brasil. “A importância dos povos originários não reside apenas no conhecimento ancestral, mas também na elaboração de tecnologias totalmente sofisticadas de defesa da terra. Eles ocupam radicalmente a contemporaneidade”, ressalta Salaviza.

Exibição em Palmas

Na próxima sexta-feira (12), o filme será exibido em sessão especial no Cine Cultura, no Espaço Cultural José Gomes Sobrinho, às 19h. A entrada será gratuita e contará com a presença dos dois diretores.

Além da sessão de estreia, 'A Flor do Buriti' terá mais três sessões gratuitas:

  • Sexta-feira, 12/07/2024 às 19h- Sessão Especial com a presença dos diretores
  • Sábado, 13/07/2024 às 19h
  • Domingo, 14/07/2024 às 19h

Exibido em mais de 100 festivais ao redor do mundo e vencedor de catorze prêmios, em nove festivais, entre eles o prêmio coletivo para melhor elenco na mostra Un Certain Regard (2023) do 74º Festival de Cannes, o filme também conta com participação indígena no roteiro.

*G1 Tocantins