Menu
Busca quarta, 02 de dezembro de 2020
(63) 99958-5851
Araguaína
34ºmax
23ºmin
ELEIÇÕES 2020

Justiça Eleitoral manda Gutierres retirar do ar inserção que ataca campanha de Josi Nunes

12 novembro 2020 - 10h41Por Ascom Josi Nunes

O juiz da 2ª Zona Eleitoral, Nilson Afonso da Silva, determinou nessa quarta-feira, 11, a retirada de uma inserção da campanha de Gutierres Torquato que continha acusações inverídicas e ofensivas a todos os integrantes da Coligação Agora é a Hora, de Josi Nunes e Gleydson Nato, e descumpria a Lei das Eleições, já que os candidatos opositores não apareciam.

“Analisando o conteúdo da mídia, verifico que ela possui 30 segundos, e os eleitores apoiadores aparecem em sua totalidade. E, em nenhum momento há divulgação de propostas políticas dos candidatos representados, o que antes de tudo é um desrespeito ao eleitor que tem direito a informações idôneas para formar sua opinião acerca do melhor candidato para administrar o município nos próximos quatro anos”, disse o juiz em sua decisão.

O juiz prosseguiu em sua decisão, afirmando: “Não se pode dizer que há propaganda eleitoral no referido vídeo, apenas desperdício de tempo e ofensas aos candidatos representantes e ao direito de informação dos eleitores”. Caso a coligação de Gutierres não retire imediatamente o vídeo do ar, o juiz estipulou multa de R$ 5 mil.

"Nesta reta final da campanha, lamento que os adversários tenham adotado esse tipo de estratégia. Eles estão usando os seus espaços na TV, no rádio e nas redes sociais, para, ao invés de apresentar propostas para o município, nos atacar. Isso só mostra que eles estão desesperados porque sabem que nós vamos ganhar as eleições no dia 15 de novembro”, assegurou Josi Nunes.

AO VIVO