Menu
Busca sábado, 28 de novembro de 2020
(63) 99958-5851
Araguaína
32ºmax
22ºmin
SEGURANÇA

Tocantins ganhará reforço de mais de 1.500 policiais durante a Eleição

12 novembro 2020 - 16h12Por Redação

A Polícia Militar (PM) irá convocar mais de 1.500 agentes para reforçar a segurança das Eleições 2020 no Tocantins.

Segundo a PM, 681 policiais serão encaminhados de Palmas para os batalhões do interior e 969 agentes serão convocados nas próprias unidades. Serão convocados os profissionais que estariam de folga ou de serviços administrativos.

 O levantamento de quantos policiais será enviado para cada munícipio ainda não foi divulgado e a decisão será tomada pelo Comando de cada batalhão. Além da PM, O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgou que irá enviar tropas federais ao Estado para reforçar a segurança de aldeias indígenas. São esperados pelo menos 270 homens.

O Plano foi discutido em reunião no Quartel do Comando Geral da Polícia Militar com as outras forças que irão participar do esquema. A proposta também foi apresentada para a Justiça Eleitoral e para o Gabinete de Segurança Institucional.

Não foram divulgados muitos detalhes do plano de segurança, por questões estratégicas, mas se sabe que as sessões de votação, as sedes dos cartórios eleitorais e o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) receberão reforço maior.

Haverá o uso de drones para monitoramento de possíveis crimes eleitorais e o trânsito próximo à sede do Cartório Eleitoral será bloqueado a partir da sexta-feira (13).  Uma sala de monitoramento das eleições deve começar a funcionar a partir das 14h do sábado (14), onde serão registradas todas as ocorrências em um sistema unificado.

Haverá o monitoramento de acidentes e atendimentos de urgência e emergência.

 

AO VIVO