Menu
Busca sábado, 19 de junho de 2021
(63) 99958-5851
Araguaína
34ºmax
20ºmin
TECNOLOGIA

WhatsApp vai funcionar em 4 aparelhos ao mesmo tempo; veja outras novidades

04 junho 2021 - 09h45Por UOL Notícias

O uso do WhatsApp em até quatro dispositivos simultaneamente está mais perto de se tornar realidade. Em fase de testes há algum tempo, a existência do recurso e seu lançamento foram confirmados pela empresa — que deve começar a ganhar vida até agosto deste ano.

A ideia é que o recurso de múltiplos dispositivos funcione mesmo que o principal deles não esteja conectado à internet.

Em conversa com o site WABetaInfo, especializado em antecipar lançamentos do serviço de mensagens e acertar rumores, Mark Zuckerberg, presidente-executivo do Facebook, e Will Cathcart, presidente-executivo do WhatsApp, falaram um pouco sobre a novidade.

"Tem sido um grande desafio técnico manter todas as suas mensagens e conteúdo propriamente sincronizados entre os dispositivos, mesmo quando a bateria do celular acaba, mas já resolvemos isso e estamos ansiosos para lançamento em breve", disse Zuckerberg.

O executivo também garantiu que todas as mensagens continuarão com a criptografia de ponta a ponta.

A versão de testes da nova função de múltiplos aparelhos será lançada em até dois meses, de acordo com Cathcart.

O executivo informou ainda que ela poderá ser utilizada por usuários de iPads — embora não tenha anunciado um app para o device — e que a empresa pretende permitir a entrada de mais usuários de iPhone entre o público do WhatsApp Beta, que permite o acesso a recursos antes do lançamento oficial, em breve.

Outras mudanças vindo por aí

Mensagens que desaparecem

Na conversa, os executivos também informaram sobre outras funcionalidades nas quais a empresa está trabalhando, como o "modo de desaparecimento".

"O recurso ativa o desaparecimento de mensagens em todas as suas conversas, de modo que sua experiência com o WhatsApp se torna basicamente efêmera", explica Zuckerberg. A função "View Once" ("Ver uma vez", em tradução livre") está em testes. Trata-se de um conteúdo que some após a visualização do usuário — prática já presentes em outros plataformas como o Instagram e o Telegram.

Para Zuckerberg, esses recursos tornarão o app mais "privativo e seguro". Além das novidades confirmadas com a WABetaInfo, testes com outras funcionalidades já foram descobertos.

Reels no WhatsApp

É possível que exista uma integração do WhatsApp com o Reels, do Instagram. As pessoas poderiam assistir aos vídeos curtos dentro do aplicativo, sem precisar abrir um link externo.

Backup com senha Hoje, todas as conversas são protegidas por criptografia de ponta a ponta. No entanto, quando se faz um backup na nuvem das informações armazenadas no aplicativo (no Google Drive, para quem usa Android, e no iCloud, para donos de dispositivos Apple), o arquivo não recebe essa camada extra de proteção.

Para resolver a questão, a empresa planeja adicionar um recurso de segurança por senha. Somente usando o código, seria possível acessar os dados de restauração do backup realizado.

AO VIVO