Menu
Busca sexta, 23 de agosto de 2019
(63) 99292-6165
Araguaína/TO
31ºmax
21ºmin
Palmas/TO
31ºmax
21ºmin
Gurupi/TO
31ºmax
21ºmin
Augustinopolis/TO
31ºmax
21ºmin
Dianópolis/TO
31ºmax
21ºmin
ToledoFibra

Mulher acusada de tentar matar bebê com veneno é condenada por júri popular

14 outubro 2010 - 11h53
Betiane da Silva, 26 anos, foi condenada a 11 anos e um mês de cadeia por tentar matar um bebê de três meses, usando uma seringa com o veneno Furadan. A decisão dos jurados atendeu pedido do Promotor de Justiça Diego Nardo, responsável pela acusação.

O crime aconteceu em janeiro de 2006, a mando do pai biológico, Fernando Henrique de Andrade, que deve ser julgado no próximo ano. O julgamento aconteceu durante a 5ª Temporada de Júri Popular de Araguaína.
Na apreciação de outro caso, os jurados também condenaram Dalmo Justino Pinto pelo assassinato de duas pessoas, pai e filho, e tentativa de outros dois. Os crimes ocorreram nas proximidades do aterro sanitário de Araguaína, em março de 2008. A pena alcançou 46 anos e quatro meses.

A próxima temporada de júri está prevista para 19 de outubro, às 08 horas da manhã, no auditório da OAB/TO em Araguaína. (Com informações da assessoria de imprensa MPE)

Ao Vivo