Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Estado

Bolsonaro sanciona criação da Universidade Federal do Norte do Tocantins

09/07/2019 11h05 | Atualizado em: 10/07/2019 08h36

Isac Nóbrega/Planalto

Foi sancionado nesta segunda-feira (8) pelo presidente da República Jair Bolsonaro (PSL), o projeto que cria a Universidade Federal do Norte do Tocantins(UFNT).

No dia 12 de junho, a criação já tinha sido aprovada no Senado, o que faltava era a sanção do presidente, que foi publicada  no Diário Oficial da União.

A estrutura da Universidade Federal do Tocantins (UFT) de Araguaína e Tocantinópolis serão desmembradas e serão UFNT. Os campus serão distribuídos nos municípios de Xambioá, Tocantinópolis e GuaraÍ, sendo que Araguaína será a sede da UFNT. As demais ainda serão criadas.

O projeto de criação da nova universidade foi encaminhado pelo próprio governo federal e tramitava há três anos. A ideia é dar mais autonomia para a gestão de recursos da universidade e atrair estudantes da região norte do estado.

A lei que criou a UFNT também abriu 316 novos cargos de direção, de funções gratificadas e de funções comissionadas, além de 175 cargos efetivos para a universidade.

A UFT segue funcionando normalmente em Palmas e nas cidades de Gurupi, Arraias, Miracema e Porto Nacional. 

Compartilhe

Os comentários aqui postados são de inteira responsabilidade de seus autores, não havendo nenhum vínculo de opinião com a Redação da equipe do Portal O Norte

Publicidade
Publicidade

Facebook

Twitter

Vc é o Repórter

Tem uma reportagem, fotos, vídeos, histórias ou curiosidades?

Mande para nossa redação. Seja você o REPÓRTER.