Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Estado

Projeto de Lei visa proibir a venda de cerol e linha chilena no Tocantins

07/08/2019 08h52 | Atualizado em: 07/08/2019 16h07

Divulgação

O Projeto de Lei foi apresentado na tarde desta terça-feira, 6, durante a primeira sessão ordinária da Assembleia Legislativa, do segundo semestre de 2019. Vanda Monteiro propôs a proibição da venda e comercialização do cerol e também da Linha Chilena em âmbito estadual.

“O número de pessoas atingidas em Palmas chamou nossa atenção para a proposição de uma legislação estadual que proíba o uso e comercialização e qualquer outro tipo de serviço dessa linha que é altamente perigosa”, justificou a parlamentar.

No último dia 19, o mototaxista Marcusuel Camelo da Silva, de 24 anos, teve o pescoço cortado por uma linha de pipa com cerol. O acidente aconteceu na Avenida LO-27, entre as quadras 1204 sul e 1104 sul. A vítima foi socorrida pelo próprio pai, levada ao hospital e se recupera do susto.

Requerimentos

Ainda durante a sessão, Vanda Monteiro apresentou dois requerimentos. O primeiro pede a Secretaria da Cidadania e Justiça informações sobre a falta de pagamento de insalubridade aos técnicos da Defesa Social e o segundo, requer a Secretaria Estadual de Infraestrutura, Cidades e Habitação, a recuperação da sinalização na Rodovia TO-020.

Compartilhe

Os comentários aqui postados são de inteira responsabilidade de seus autores, não havendo nenhum vínculo de opinião com a Redação da equipe do Portal O Norte

Publicidade
Publicidade

Facebook

Twitter

Vc é o Repórter

Tem uma reportagem, fotos, vídeos, histórias ou curiosidades?

Mande para nossa redação. Seja você o REPÓRTER.