Menu
Busca terça, 27 de outubro de 2020
(63) 99958-5851
Araguaína
32ºmax
23ºmin
REFORÇO

Aeronave da Segurança Pública atua no combate a incêndio em Taquaruçu

03 setembro 2020 - 08h41Por Redação

Em apoio à Defesa Civil Estadual e ao Corpo de Bombeiros Militar do Tocantins, durante boa parte da tarde desta quarta-feira, 2, uma equipe multimissão, a bordo do helicóptero do Centro Integrado de Operações Aéreas (Cioaper – TO), órgão vinculado à Superintendência de Segurança Integrada da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP-TO), atuou no combate a um incêndio que atingiu uma extensa área de mata situada entre os distritos de Taquaruçu e Taquaralto, em Palmas.  

A equipe de tripulantes da aeronave da Segurança Pública foi acionada pelo tenente-coronel Alves, superintendente da Defesa Civil Estadual, para prestar apoio às equipes de solo, formada por bombeiros, brigadistas, além de membros do Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins). Juntos, eles buscaram combater o incêndio que atingia a região e que já havia consumido uma grande área de vegetação, podendo, inclusive, chegar a algumas residências localizadas nas imediações.

De imediato, a aeronave decolou com destino ao local para dar suporte às forças em solo. Nesse sentido, o “Tocantins 01”, que possui um equipamento chamado Helibalde e que pode ser acoplado para carregar cerca de 550 litros de água, passou a efetuar lançamentos de água com o objetivo de debelar as chamas e, assim, auxiliar as equipes de solo no combate ao incêndio. Para otimizar a operação, a equipe do Ciopaer se valeu de um local já previamente mapeado onde a água foi coletada e lançada diretamente nos focos de incêndio.

Aeronave da Segurança Pública atua no combate a incêndio em Taquaruçu - CIOPAER - TO

 

Durante mais de uma hora, a equipe multimissão do helicóptero do Ciopaer, efetuou o lançamento de 33 cargas de água, na tentativa de controlar o incêndio e impedir que as chamas alcançassem proporções ainda maiores, ameaçando, dessa maneira, a fauna e a flora, bem como imóveis de moradores da região. A ação da aeronave só foi interrompida no final da tarde, quando as condições de visibilidade já não mais permitiam a atuação de forma segura da aeronave.

Para o superintendente da Defesa Civil Estadual, tenente-coronel Alves, o auxílio do helicóptero da Segurança Pública foi de extrema importância, uma vez que devido as condições do relevo e a extensão do incêndio, não era possível as equipes de solo alcançar todos os focos de fogo. “Mais uma vez, o helicóptero do Ciopaer em muito nos ajudou a dar combate a mais uma queimada provocada provavelmente pelas severas condições climáticas, as quais estamos passando (baixa umidade, altas temperaturas e fortes rajadas de vento) e que acabam fazendo com o que fogo se alastre e chegue a lugares, onde por terra, seria quase que impossível chegar”, explicou o superintendente da Defesa Civil Estadual.

AO VIVO