Menu
Busca terça, 20 de outubro de 2020
(63) 99958-5851
Araguaína
37ºmax
23ºmin
EM ARAGUAÍNA

Após denúncia, Prosegur confirma casos de Covid-19 na empresa; 9 funcionários foram afastados

14 maio 2020 - 19h06Por Redação

O Portal O Norte recebeu mais denúncias relacionadas à empresa de segurança Prosegur em Araguaína, dessa vez a infomação de que funcionários estariam infectados e vários outros com sintomas clássicos da doença. Vale lembrar que ontem (13), nossa reportagem mostrou a denúncia de que uma dos cerca de 40 colaborades com risco iminente de contaminação continuava trabalhando regularmente na empresa e em contato com outros funcionários. 

Um trabalhador procurou mais uma vez nossa reportagem e sem se identificar disse estar com medo da situação que vem enfrentando na empresa: o risco de contágio do novo Coronavírus. Depois de denunciar que uma colega que deveria estar em quarentena continuava em suas funções, agora confirmou que pelo menos 3 (três) funcionários tiveram o resultado positivo para o teste de Covid-19. "Com certeza tem mais, porque vários colegas que tiveram contato com eles estão apresentando sintomas comuns da doença", observou.

A informação foi reforçada por outra pessoa que procurou o site e identificou como familiar de um trabalhador. "Tem gente com Covid-19 na Prossegur já sendo afastada, mas acho necessário que a empresa tome uma providência urgente, pois o próprio gerente da base, que é um idoso, não anda respeitando os protocolos de saúde e fez até umas reuniõezinhas com aglomerações que nem sequer se tratava de assuntos de trabalho e sim de aniversário de colaboradores" e completou: "é necessário que a empresa providencie ao menos exames para os outros colaboradores que estão na ativa e que provavelmente tiveram contato com os outros infectados", ponderou a denunciante.

O Outro lado

Na primeira nota encaminhada ao site, a Prosegur garantiu que estaria tomando todas as medidas de segurança e que a colaboradora em questão, que tem uma irmã infectada e que atua na saúde, continuava trabalhando por que não apresentava nenhum sintoma. 

O Portal O Norte procurou mais uma vez a empresa para esclarecimentos sobre essa nova denúncia. Em nota, a Prosegur confirmou que pelo menos dois funcionários testaram positivo para a doença mas já foram afastados de suas funções. Além disso, outros sete colaboradores que apresentaram sintomas clássicos também foram colocados em quarentena. 

Ainda de acordo com a nova nota, a Prosegur informa que "os demais colaboradores seguem trabalhando normalmente e quando necessário passam por avaliação médica e serão colocados em quarentena caso apresentem qualquer sintoma que possa remeter a COVID-19."

A empresa de segurança privada ressalta que desde o início da pandemia, fez reforço na limpeza de suas instalações e da frota e informa que após a confirmação da contaminação de seus colaboradores, comprovada por meio de testes laboratoriais foi realizada uma limpeza terminal, que é mais criteriosa para a total desinfecção da área.

Por fim, a companhia reitera que tem tomado todas as medidas preventivas com seu público interno, de acordo com as orientações do Ministério da Saúde. "Os colaboradores das áreas administrativas se encontram em sistema de home office e para os que necessitam estar na linha de frente, os espaços de trabalho têm sido desinfectados constantemente, e todos contam com álcool em gel e equipamentos de proteção, inclusive com uso de máscaras", garante. 

Questionada sobre a colaboradora apontada na primeira denúncia, a empresa não deixou claro se ela estaria entre os servidores contaminados ou suspeitos, bem como se ela continuava executando suas atividades na empresa. 

A Prefeitura

O Portal O Norte também procurou a prefeitura para falar sobre o assunto e em nota, o município afirmou que técnicos do Departamento de Posturas e Edificações (Demupe) realizaram vistoria na empresa, após denúncia e identificou que todas as medidas de segurança contra a Covid-19 estão sendo cumpridas, bem como constatou que os funcionários já diagnosticados com a doença seguem em isolamento domiciliar.

AO VIVO