Menu
Busca terça, 20 de outubro de 2020
(63) 99958-5851
Araguaína
37ºmax
23ºmin
ARAGUAÍNA

Após segundo caso confirmado, Prefeitura alerta para novas medidas restritivas

31 março 2020 - 08h57

Três dias após a confirmação do primeiro caso positivo de coronavírus (covid-19) de uma moradora de Araguaína, que segue em isolamento domiciliar, a Secretaria Municipal da Saúde registra o segundo caso confirmado para a doença nesta segunda-feira, 30.

Trata-se de um homem de 27 anos, que esteve em viagem com a primeira paciente que testou positivo para o novo coronavírus na cidade. Ambos encontram-se em isolamento social desde que chegaram em Araguaína. O homem apresenta quadro clínico estável e está acompanhado pela equipe de resposta rápida da Secretaria Municipal da Saúde.
 
Um casal que também esteve na viagem teve o resultado do teste negativo. Para a infectologista Carina Feriani, “o caso se deve por existir um tempo de espera se essas pessoas adquiriram o vírus e não desenvolveram a doença imediatamente. Existe grande probabilidade também de não terem contraído o vírus, pois o casal infectado poderia estar em uma fase em que ainda não eram tão transmissores, ainda no processo de introdução do vírus. Vale a pena testar de novo”.
 
Desde o início da pandemia do coronavírus, foram notificados pelo Município 155 pessoas. Até o momento, são 2 casos positivos, 71 descartados e 84 seguem em investigação.
 
Novas medidas
O prefeito Ronaldo Dimas informou que este é o primeiro alerta de que entraremos em breve na segunda fase epidemiológica da doença. “A reunião com entidades de classes e autoridades nesta terça-feira será também para definirmos as medidas restritivas que serão adotadas na cidade”.

A segunda fase da covid-19 é de transmissão local, quando pessoas que não viajaram para o exterior ficam doentes, ou seja, há transmissão autóctone, mas ainda é possível identificar o paciente que transmitiu o vírus, geralmente parentes ou pessoas de convívio social próximo.
 
Ações
Desde o início da pandemia, o prefeito Ronaldo Dimas vem publicando decretos seguindo às orientações das autoridades em saúde. Com o controle epidemiológico, foi possível o funcionamento de parte do comércio com restrições. O caso confirmado de coronavírus na cidade segue em isolamento domiciliar e acompanhado pelas equipes de saúde do Município.
 
 Araguaína foi a primeira cidade do Tocantins a adquirir os testes rápidos para covid-19 e está em ação para implantação de 20 leitos de unidades de tratamento intensivo (UTI) para atendimento exclusivo à doença.
 
Para evitar
Locais de alimentação devem manter espaçamento mínimo entre mesas de dois metros e no máximo seis cadeiras por mesa, sendo terminantemente proibida a venda e o consumo de bebida alcoólica. Já os de embelezamento ter espaçamento mínimo de dois metros entre cadeiras de atendimento e atender exclusivamente com hora marcada, com permanência de apenas um cliente em espera.
 
 Esses devem adotar medidas para diminuir as chances de contágio, como disponibilizar álcool 70 graus INPM líquido ou em gel para funcionários e clientes, evitar superlotação do espaço físico interno, manter distanciamento, além de divulgar informações sobre a prevenção. Também precisam criar mecanismos para manter os ambientes arejados e saudáveis.

AO VIVO