Menu
Busca segunda, 20 de setembro de 2021
(63) 99958-5851
Araguaína
36ºmax
23ºmin
MOÇÃO DE APLAUSOS

Apresentador da TV O Norte é homenageado na Câmara por salvar idoso dado como morto

04 agosto 2021 - 13h06Por Redação

O apresentador da TV O Norte, Geovanni Pereira, foi homenageado na Câmara Municipal de Araguaína, onde recebeu Moção de Aplausos pelo ato heroico que salvou a vida de um senhor dado como morto por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), durante uma ocorrência em Araguaína no Norte do Estado. 

A moção aconteceu na sessão de segunda-feira (02), e foi proposta pelo vereador Marcos Duarte. 

Relembre o caso

No último dia 29 de junho, o apresentador do programa Fatos e Notícias acompanhava uma ocorrência onde o Samu foi socorrer um motociclista que passou mal e caiu às margens da Avenida Castelo Branco na altura do setor Brasil. A equipe atestou o óbito da vítima, o senhor Raimundo Nonato Santana da Silva (71 anos). O Instituto Médico Legal (IML) então foi acionado e o idoso foi colocado dentro de um saco de óbito e o Samu saiu do local. 

Mas durante o registro da ocorrência, um policial militar percebeu o saco se mexendo, nesse momento, Geovanni Pereira deixou a cobertura de lado e iniciou uma massagem cardíaca no idoso, enquanto o Samu era chamado de volta ao local. 

A equipe voltou, mas um dos integrantes argumentou que seria apenas ar saindo do corpo da vítima e que isso era normal em casos de morte dessa natureza. Geovanni não se conformou com a justificativa e continuou realizando a manobra de ressuscitação cardíaca no senhor Raimundo Nonato por cerca de 15 minutos e então ele voltou a respirar. A partir daí, a equipe do Samu retomou o atendimento e o levou para o Hospital Regional de Araguaína. 

Não pensei em nada além de tentar salvar a vida daquele senhor”, lembra Geovanni sobre o episódio que repercutiu em vários programas de rede nacional. 

Sobre a homenagem, o comunicador resumiu tudo em apenas uma frase: “Enquanto há vida há esperança”. 

Recuperação

Depois de ser levado para o Regional, seu Raimundo permaneceu os últimos 30 dias internado e parte deles em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI). O idoso recebeu alta recentemente e se recupera em casa consciente, reconhece os familiares mas ainda não consegue falar.  

 

AO VIVO