Menu
Busca terça, 22 de outubro de 2019
(63) 99292-6165
Araguaína
31ºmax
23ºmin
CRIMINALIDADE

Comandante do 2º BPM afirma que reforçará o combate à criminalidade

22 fevereiro 2011 - 08h20

Da Redação


No comando da corporação do 2º Batalhão de Polícia Militar (2º BPM) na cidade de Araguaína há pouco mais de um mês, o Tenente Coronel, Luiz Carlos Barbosa Ferreira, em entrevista exclusiva à equipe de reportagem do Portal O Norte, fala entre outros assuntos sobre as metas a serem alcançadas nesse ano de 2011 frente à Polícia Militar (PM)na região.

O 2º BPM em Araguaína foi o berço da formação militar de Luiz Carlos Barbosa, que retornou ao quartel no dia 07 de janeiro empossado como novo comandante da corporação.

Prioridade
Em entrevista, o Tenente Coronel afirma ser uma grande satisfação voltar para Araguaína e admirado observa o quanto a cidade tem se desenvolvido, porém, destaca a preocupação da Polícia Militar relacionada a esse fato, tendo em vista que paralelamente ao crescimento econômico e populacional do município, tem aumentado também a criminalidade e com isso o comandante declara que tem priorizado operações que intensifiquem a segurança na cidade. “Nossa prioridade é a segurança e por isso temos buscado colocar patrulhamento principalmente nas áreas em que há maiores ocorrências policiais, no intuito de coibir a ação de criminosos”, diz.

A Ferinha
Quando se fala em criminalidade, um dos pontos mais críticos da cidade é a Feirinha, situada na divisa do Bairro São João e Vila Aliança. O trabalho na região, segundo o comandante tem, sido intenso “Sabemos que a situação da Feirinha é bastante preocupante, por isso, estamos diariamente realizando de quatro a cinco rondas na região para assim, inibir a prática de crimes no local como porte ilegal de armas e vendas de drogas e produtos furtados”, explica.


Questão social
Apesar do trabalho ostensivo que tem sido realizado pela Feirinha, Luiz Carlos Barbosa, observa que o problema não é simplesmente a criminalidade, é uma questão social e diz ser necessário um trabalho em conjunto com o Poder Público para tentar dar a assistência necessária às pessoas que vivem no local. “O serviço Social da polícia tem feito um levantamento das problemáticas e posteriormente estaremos repassando o resultado às instituições de força que atuam na cidade para encontrarem possíveis soluções para cada problema”.


Focos de assaltos
Outra situação complicada que enfrentam os araguainenses hoje, são os vários focos de assaltos a estabelecimentos comerciais como farmácias, supermercados, conveniências entre outros e tendo em vista essa observação, Luiz Carlos Barbosa esclarece que as blitz são fundamentais no combate a esses marginais, já que a maioria tem utilizado como meio de fuga, motocicletas que por ser um meio de deslocamento muito rápido eles escapam com mais facilidade. “É preciso que a população entenda que a blitz não serve somente para multar quem anda irregular, muitas práticas criminosas são desarticuladas mediante a ação da polícia nas ruas”, observa.


Unidade Móvel
Ainda explicando sobre o trabalho ostensivo da Polícia Militar no intuito de garantir segurança à população, o comandante ressalta o importante trabalho realizado pela Unidade Móvel da PM que se locomove por toda a cidade “Nossa Unidade Móvel, de acordo com a necessidade, efetua prisões e também coíbe ações criminosas bairro a bairro de Araguaína”.


Metas para 2011
Atualmente o 2º BPM conta com o nove Bases Comunitárias, instaladas em pontos estratégicos da cidade, o comandante em entrevista deixa claro a intenção de reforçar o suporte de policiamento nos bairros mas também ressalta a necessidade do apoio da própria comunidade em denunciar e afirma que dará continuidade ao trabalho preventivo, ostensivo e repreensivo na região, seja por meio de ações planejadas como também por serviços de inteligência que dispõe hoje a corporação “Tudo isso pra garantir mais segurança ao cidadão araguainense” finaliza.


 

AO VIVO