Menu
Busca terça, 10 de dezembro de 2019
(63) 99292-6165
Araguaína
30ºmax
22ºmin
AÇÃO SOCIAL

Adesão a dois projetos marcam 23 de Fevereiro no Hospital Dom Orione

22 fevereiro 2011 - 18h28

O Hospital Dom Orione (HDO), o maior Hospital filantrópico do Tocantins, localizado em Araguaína (TO), comemora nesta quarta-feira, 23 de fevereiro, dez anos de adesão ao programa Pré Natal de Alto Risco, do Ministério da Saúde (MS), através do Sistema Único de Saúde (SUS). Na data, em 2001, o Hospital incrementou a assistência a todas as gestantes, cadastrando-as antes e durante os meses de gestação no intuito de oferecer a elas todo o suporte e atendimento necessários gratuitamente. Depois de vincular-se ao projeto, o ambulatório de nossa instituição passou a ser exclusivo para o atendimento às gestantes de Alto Risco, tornando-se referência na região. As consultas são feitas mediante agendamento em sistema de computador, via Postos de Saúde, de onde as parturientes consideradas de alto risco são encaminhadas para o Pré Natal na unidade hospitalar.

A adesão tem gerado bons frutos e segundo a médica obstetra e ginecologista, Dra. Tatiana Ferraz, que atende no ambulatório do SUS, são feitos por dia cerca de 12 atendimentos, o que representa mais de 300 pessoas beneficiadas por mês. Ainda de acordo com a médica, são feitos procedimentos e exames em gestantes de segunda a sexta-feira, além do suporte no ato do parto. “Tudo é de graça” garante a Dra. Tatiane Ferraz.

HOSPITAL
Foi nessa data, também, que aconteceu o lançamento do projeto “Conhecendo seu Local de Trabalho”, que trazia consigo o objetivo de fazer com que todos os colaboradores da unidade hospitalar conhecessem outros setores do lugar onde trabalham. A idéia era uma forma de apresentar a eles a Instituição cujos mesmos exerciam suas atividades.

Dois anos depois, em 05 de maio de 2003, o Hospital Dom Orione é reconhecido como Hospital Amigo da Criança através do ofício nº 104/03, enviado à organização via fax e assinado pela então Coordenadora da Saúde da Criança do Ministério da Saúde (MS), Dra. Ana Gorete Kalume Maranhão. O título foi conferido à instituição por que ela cumpriu os dez passos para o sucesso do aleitamento materno, preconizados pela Organização Mundial de Saúde (OMS), Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) e MS. (Da Assessoria de Imprensa)

AO VIVO