Menu
Busca domingo, 05 de julho de 2020
(63) 99958-5851
Araguaína
35ºmax
19ºmin
DENÚNCIA

Comunidade do setor Neblina denuncia o abandono do Ginásio de Esportes

15 abril 2011 - 09h12

Alessandro Sachetti
Da Redação


O Ginásio de Esportes Neblina que está fechado desde o começo do ano e o fato, não atrapalha apenas a população que praticava esportes em suas instalações, o fechamento do núcleo estadual para prática esportiva vem trazendo problemas, também para os comerciantes da vizinhança, que tiveram que se adaptar ao não funcionamento da quadra e consequentemente, à diminuição em suas vendas.

A manutenção do ginásio, que é de responsabilidade da Secretaria Estadual de Esportes e Juventude, não vem acontecendo desde então, haja visto que o mato tomou conta do jardim que cerca a quadra, inclusive ao ponto de, em alguns locais, ultrapassar a altura do alambrado que protege o Centro Esportivo.

Fim da recreação
Os moradores do bairro se queixam do fechamento do ginásio, pois, agora não podem mais praticar esportes em suas dependências. Márcio Geremias, 19 anos, morador do setor Neblina que participava assiduamente das atividades reclama da falta de atenção do governo: “Desde que o governador Siqueira Campos assumiu, a quadra está fechada, antes eu jogava futebol com os amigos do setor duas vezes por semana, agora teria que ir até outros lugares para jogar, o que fica difícil por causa do meu horário de trabalho. Acabou a nossa diversão”.

Queda nas vendas
Outro setor atingido pelo fechamento do ginásio de esportes foi o comércio da vizinhança, bares e lanchonetes que se beneficiavam das vendas feitas ao público que frequentava o local, e tiveram a drástica diminuição do movimento na comercialização de refrigerantes, cervejas, espetinhos, lanches entre outros.

Neti Souza, 25 anos, proprietária de um comércio familiar localizado há menos de 20 metros do Centro Esportivo, reclama da queda das vendas com o fechamento do ginásio e afirma que o problema tem comprometido o orçamento familiar: “Diminuiu muito minhas vendas, as pessoas que freqüentavam a quadra compravam bebida e comida por aqui, espero que volte a funcionar em breve, afinal a gente conta com essas vendas pra se sustentar”.

Resultado
O Ginásio de Esportes Neblina não atendia apenas os moradores do setor Neblina, era acessível para toda a sociedade araguaínense, que viu, em seu fechamento, um local a menos para a prática de esportes, o que interfere tanto na cultura das pessoas que ali freqüentavam, como também interfere no hábito saudável da população, haja visto que a prática esportiva é aconselhável e saudável para todas as idades, sem contar que desestimula o comércio que beneficiava-se diretamente das vendas aos freqüentadores do centro esportivo.

AO VIVO