Menu
Busca sexta, 18 de setembro de 2020
(63) 99958-5851
Araguaína
38ºmax
21ºmin
RESPOSTA

Governo paga milhões em aluguel de tomógrafo

04 maio 2011 - 09h04

Daniel Lélis
Da Redação


A Secretaria Estadual de Saúde (Sesau) comentou sobre denúncia publicada no Portal O Norte, nesta segunda-feira, 2, referente à desativação de um aparelho de tomografia que foi adquirido com recursos oriundos de uma emenda parlamentar da senadora Kátia Abreu (PSD-TO) para o Hospital Regional de Araguaína (HRA) em 2009.

O Norte mostrou que o tomógrafo, que é da marca Siemens S/A e custou R$ 1.277.000,00, só funcionou pelo período de dois meses, sendo desinstalado logo após as eleições do ano passado. De acordo com um funcionário do HRA, que não quis se identificar, todo paciente que precisa fazer exames de tomografia, é encaminhado ao CDT de Araguaína, com quem o Regional teria um acordo (leia a reportagem na íntegra aqui).

A resposta
Em nota enviada à redação do Portal O Norte, a Sesau informou que iniciou no começo de abril um processo licitatório para contratação de uma empresa que realize a manutenção e a operação do tomógrafo do HRA.

Ainda de acordo com a Secretaria, até agosto o aparelho deve estar em funcionamento no HRA. Até lá, afirma a nota, a Sesau continuará encaminhando a demanda do serviço para o CDT Diagnósticos, com quem de fato foi celebrado um contrato em 2009, prorrogado em 2010, no valor total/anual de R$ 3.189,543,56.

Custo elevado
O valor pago anualmente pelo HRA para o CDT Diagnósticos fazer exames de tomografia daria para comprar dois tomógrafos de última geração como o adquirido para o hospital e ainda sobrariam mais de 600 mil reais.

Enquanto não há a contratação de uma empresa para operar e realizar a manutenção do tomógrafo, o Estado continuará desembolsando todos os meses R$ 265.795,30 para o CDT de Araguaína fazê-lo. A quantia é elevada especialmente em razão do fato de a clínica de diagnósticos usar, como era de se esperar, o próprio tomógrafo para fazer os exames. De acordo com informações da assessoria de imprensa da Sesau, a contratação de uma empresa terceirizada para operar o aparelho do Regional diminuiria substancialmente este valor.


Confira na íntegra a nota enviada pela Secretaria de Estado da Saúde do Tocantins ao Portal O Norte:

A respeito do funcionamento do tomógrafo do HRA – Hospital Regional de Araguaína, a Sesau – Secretaria de Estado da Saúde informa que abriu, no início deste mês – ocasião da também liberação do orçamento do Estado – processo licitatório para contratação de empresa que realize a manutenção e operação do aparelho no hospital.

É sabido que um processo licitatório leva em torno de quatro meses para ser finalizado. Sendo assim, a Sesau acredita que até o mês de agosto o aparelho esteja em funcionamento no HRA. Até lá, a Sesau está encaminhando a demanda do serviço para uma empresa, contratada para a realização desses exames. Ou seja, os pacientes não estão desassistidos.

O contrato para a realização desses exames, até o funcionamento do tomógrafo no HRA, foi celebrado no ano de 2009 e prorrogado em 2010, com a empresa CDT Diagnósticos, no valor total/anual de R$ 3.189,543,56.

O aparelho de tomografia doado ao Governo do Estado, para utilização do HRA, foi conseguido por meio de emendas parlamentares da senadora Kátia Abreu e custa R$ 1.277.000,00.


Palmas, 03 de maio de 2011.


ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO
SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE DO TOCANTINS

AO VIVO