Menu
Busca terça, 27 de outubro de 2020
(63) 99958-5851
Araguaína
32ºmax
23ºmin
CAOS NA SAÚDE

Após demissão em massa, Sesau informa que contratará novos profissionais para o HRA

13 maio 2011 - 08h10

Daniel Lélis
Da Redação

 

A assessoria de comunicação da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) comentou a matéria publicada na quarta-feira, dia 11, no Portal O Norte sobre o pedido de demissão em massa feito por quatro médicos do Hospital Regional de Araguaína (HRA) responsáveis especialmente pelo socorro às vítimas de queimaduras. Em razão disso, o setor de atendimento a queimados da instituição estaria fechado. (Confira a reportagem na íntegra, aqui)

A assessoria de imprensa da Sesau, confirmou o fato e comunicou que o órgão está tomando providências em relação ao caso. De acordo com a assessoria, a Secretaria já deu início ao processo de contratação de novos cirurgiões plásticos para atuar na área referida, mas que não há previsão de quando esta será efetivada. Contudo, enquanto isso não acontece, o HRA encaminhará os pacientes para outros centros de referência no tratamento de queimaduras.

A Sesau assegurou que mesmo diante da ausência dos profissionais citados, nenhum paciente ficará desassistido. "Um dos princípios do SUS é a universalidade, que garante atendimento em qualquer lugar do Brasil. Portanto, enquanto não solucionarmos a questão, os encaminhamentos serão inevitáveis”, finaliza a assessoria.

Entenda o caso
De acordo com uma fonte do Portal, a Secretaria Estadual de Saúde parou de pagar plantão extra aos profissionais, que trabalhavam 40 horas semanais, faziam cinco plantões mensais, recebendo R$ 5 mil por cada um. Com o cancelamento do pagamento, os médicos decidiram-se pela demissão.

O valor pago pelos plantões, conta a pessoa que procurou a nossa reportagem, é baixo perto do custo que a Secretaria de Saúde terá contratando outros profissionais. Além disso, segundo ele, é difícil conseguir um cirurgião plástico com urgência, por existirem poucos dispostos a trabalhar no HRA: “não tem outro médico pra vir pra cá, porque ninguém quer”, desabafou.
 

AO VIVO