Menu
Busca segunda, 17 de fevereiro de 2020
(63) 99292-6165
Araguaína
30ºmax
23ºmin
ARAGUAÍNA

Comandante do 2º BPM reuni-se com taxistas e mototaxistas

03 junho 2011 - 14h21

O Comandante do 2º BPM, Tenente Coronel Luiz Carlos Barbosa Ferreira reuniu-se, na manhã desta sexta-feira, 03, no Espaço Cultural, com a categoria de taxistas e mototaxista de Araguaína.

A Assessoria de Comunicação do 2º BPM encaminhou um Ofício às Cooperativas e Sindicatos de Táxi e Mototáxi convidando a todos os integrantes das duas categorias para uma reunião com o Comandante do 2º BPM, em razão dos constantes delitos que vem acontecendo nesta cidade.

Atualmente em Araguaína existem cerca de 481 mototaxistas e 260 taxistas, portanto, a reunião contou com a presença expressiva das duas classes que ouviram as explanações do Comandante do 2º BPM que falou sobre as principais ocorrências relacionadas à segurança pública envolvendo especialmente as duas categorias, principalmente o último fato, em que desencadeou na morte de um mototaxista e no sentimento eminente de justiça dos companheiros da vítima que resultou na prisão do autor, este não vendo outra saída, se entregou à justiça.

Na oportunidade o Tenente Coronel Carlos falou também sobre os transtornos causados por alguns profissionais que não satisfeitos apenas com a prisão, queriam o linchamento do homicida. Com a palavra, a Major Lívia explicou que, o linchamento é crime, e que é mais comum ocorrer esse crime quando a população não está satisfeita com a decisão judicial, ou por não acreditar nela, resolve fazer “justiça com as próprias mãos”, porém, se os revoltosos praticassem esse ato, estaria incidindo no mesmo erro do autor, e pior, tanto o linchador quanto a Policia responderia judicialmente por isso, uma vez que o homicida já estava sob guarda do Estado.

O Tenente Coronel Carlos anunciou que estão sendo adotada a efetivação de algumas medidas para inibir as práticas delituosas e garantir mais segurança nos trabalhos dos profissionais, bem como: as operações semanais e às vezes diárias intensificando as vistorias nos veículos em questão, observando sempre a disposição constitucional prevista no Artigo 144, parágrafo 5º da Constituição Federal “A polícia ostensiva e a preservação da ordem pública”. Ressaltou ainda, a importância de implementação de medidas de segurança por parte das categorias, vez que a cidade cresceu e criminalidade inspira preocupação a todos responsáveis pela Segurança Pública.

Por ser uma profissão que conduz pessoas boas ou de má índole é consideravelmente de risco, portanto, foram sugeridas algumas sugestões a serem implantadas por eles para segurança pessoal, como: instalações de câmeras nos veículos; cadastramentos das pessoas que serão conduzidos, utilização de rádios de comunicação para informar o destino e identificação do passageiro antes da saída; instalação de monitoramento via satélite (GPS) nos veículos e principalmente contribuir com a Polícia Militar, através do 190, para informar sobre suspeitos.

De acordo com os participantes da reunião, o fortalecimento dessa parceria é uma via de mão dupla, onde a Classe ajuda por meio de informações e a Polícia através da segurança, no intuito de pacificar o serviço de ambos. (Tenente Reis/Da Ascom 2º BPM)

 

AO VIVO