Menu
Busca quarta, 08 de abril de 2020
(63) 99292-6165
Araguaína
31ºmax
23ºmin
ARAGUAÍNA

População reclama da precariedade dos bloquetes na cidade

08 julho 2011 - 07h57

Daniel Souza
Da Redação


O Portal O Norte vem abrindo espaço para que os araguainenses possam protestar contra os problemas que incomodam a comunidade. Desta vez, a denúncia vem diretamente do Centro de Araguaína.

Basta percorrer algumas ruas da região para verificar a precariedade dos históricos bloquetes que ainda hoje fazem a cobertura de algumas avenidas. A população reclama e aponta os serviços da empresa Saneatins como um dos maiores culpados do problema.

Nossa equipe de reportagem percorreu diversas ruas que se encontravam na mesma situação.

A exemplo disso, temos a Rua Santa Cruz, próximo ao Mercado Municipal, que vem sendo motivo de grande reclamação dos motoristas da cidade, os problemas daquela região são diversos: ondulações nas ruas, bloquetes soltos ou afiados, além de buracos causados pelo desprendimento destes.

Reclamações
O universitário de 24 anos, Luís Claudio de Sá, pedestre que usa a rua como trajeto para a faculdade, protesta: “É uma vergonha, em pleno século 21, ainda encontrar ruas sem asfaltamento adequado no Centro da cidade, esses bloquetes já estão ultrapassados”, desabafa.

Na Rua Sadoc Correa, moradores, pedestres e motoristas estão inconformados. É o caso do taxista, Carlos da Silva, de 38 anos. “Recentemente, eu estava subindo a rua, quando o pneu da frente do meu carro levantou o bloquete e o pneu traseiro bateu com toda força, empenando a roda”, reclamou o taxista.

Outro local que oferece riscos para motoristas e pedestres é a Rua 12 de Novembro, alguns moradores afirmam que já houve inclusive, casos de pessoas que se feriram na rua, como um motociclista que após bater contra um bloquete solto, perdeu o controle e caiu: “Por pouco o rapaz não fraturou a perna. A primeira vista, pode até parecer que não, mas isso pode ser muito perigoso pra quem passa pela rua, já pensou se um motorista bate contra um bloquete solto perde a direção e atropela alguém”, observa a professora Gisele Rosal, 28 anos.

Saneatins
Ainda de acordo com populares, a Saneatins, empresa de saneamento, muitas vezes quando realiza alguns reparos em que precisam ser deslocados os blocos, os repõem de forma inadequada. “Toda vez que a Saneatins mexe nesses bloquetes, não coloca eles direito no lugar, aí fica esse trem solto no meio da rua”, reclama a aposentada Maria do Socorro de Araújo, 63 anos.

Mal instalados, os blocos de concreto que soltam, podem prejudicar tanto os motoristas quanto os pedestres que transitam. Num simples descuido, o prejuízo material e até mesmo acidentes graves podem acontecer.


AO VIVO