Menu
Busca quarta, 28 de outubro de 2020
(63) 99958-5851
Araguaína
31ºmax
23ºmin
RESPOSTA

Bombeiros desmentem denúncia mas admitem insuficiência no efetivo

22 setembro 2011 - 13h18

Any Savana
Da Redação


Nossa equipe na noite de ontem, 21, durante mais um incêndio em um automóvel na cidade (com esse já são três registrados no último mês), recebeu a denúncia de que o Corpo de Bombeiros levou mais de 40 minutos para atender tal solicitação e foi preciso seis ligações para que eles respondessem ao chamado.

O proprietário do Gol de placa JIC-8205, Raulino Paulo de Sousa, que teve seu veículo totalmente destruído pelas chamas na Rua Prefeito João de Souza Lima, por volta das 22h40mim dessa quarta-feira, disse revoltado à nossa equipe que, "Foram quarenta minutos de espera, talvez se eles tivessem chegado há tempo, meu carro não teria sido totalmente destruído".

Resposta dos Bombeiros
O Portal O Norte, entrou em contato com o Corpo de Bombeiros onde o comandante da corporação, Capitão Marinho, desmentiu tal denúncia, afirmando que não houve demora no atendimento: “O chamado que nós temos registrado, está marcado às 23h18min de ontem, nossa equipe chegou ao local às 23h25min, e retornou à base as 23horas e 55 minutos então o tempo que levamos, do momento da solicitação ao atendimento foram de 7 minutos e não de quarenta como disse o solicitante”, ainda em entrevista, Marinho acrescenta que “em muitos casos, o solicitante liga para o 190, que é o ramal da Polícia Militar ou para 192 que é o do SAMU em vez de ligar diretamente para o nosso número que é o 193”, argumenta o capitão.

Efetivo insuficiente
O denunciante também questionou o fato de que a telefonista do corpo de bombeiros alegou a demora à falta de viaturas suficientes para atender a todos os chamados da cidade e redondezas.

Sobre esse assunto, o Capitão esclareceu que o efetivo em Araguaína é pequeno sim, pois só possui quatro veículos e 56 agentes e desses, apenas 40 são efetivos para o tamanho e necessidade da cidade, mas nesse caso específico, Marinho acredita que 7 minutos é um tempo razoável para o atendimento.


AO VIVO