Menu
Busca domingo, 20 de setembro de 2020
(63) 99958-5851
Araguaína
37ºmax
20ºmin
ARAGUAÍNA

Vereador denuncia suposta ação imoral no cadastro habitacional

26 setembro 2011 - 12h32

Dágila Veras
Da Redação


Na oportunidade da presença do secretário de Desenvolvimento Social e Habitação, Jota patrocínio, na sessão desta segunda, o vereador Aldair da Costa Gipão (PR) se manifestou apontando uma grave denúncia que envolve o cadastro habitacional do programa “Minha Casa Minha Vida”, que em Araguaína é executado pelo Governo Federal em parceria com o Município através da Secretaria de Habitação.

A denúncia
De acordo com Gipão, ele recebeu em seu gabinete uma denúncia contendo o nome de sete pessoas da mesma família que estariam inclusas na lista dos 1400 pré-selecionados que a Secretaria encaminhou à Caixa Econômica Federal para a realização da triagem que definirá as 930 famílias beneficiadas com o programa no município.

Antes da publicidade da denúncia, o vereador Cleudo Negão (PSDB) havia perguntado ao secretário se pessoas da mesma família estariam sendo beneficiadas com o programa habitacional.

Resposta
Jota Patrocínio, por sua vez, afirmou ter conhecimento de alguns casos e esclareceu que apesar de o programa admitir a inclusão, garante que não está seguindo este critério: “O programa possibilita mais de uma pessoa da mesma família. Não é ilegal mas acredito ser é imoral”, 

Sobre a denúncia do vereador, Jota Patrocínio diz ter certeza de que não é verdade  mas destaca que apesar de muitos casos passarem desapercebidos, assim que a Secretaria toma conhecimento, um ofício é encaminhado à Caixa solicitando a exclusão do possível beneficiário.

Cobranças
Tendo em vista as considerações de Gipão, o vereador Gideon Soares (PMDB), solicitou ao secretário, num ato que representaria a transparência e publicidade da seleção de pessoas, que a Secretaria de habitação disponibilizasse a lista que foi encaminhada à Caixa para que os vereadores possam contribuir com a apuração de denúncias neste sentido.

Prontamente, Jota Patrocínio esclareceu que sua pasta não deu publicidade à lista, a pedido da Caixa Econômica mas disse que “Por sua conta em risco estarei disponibilizando aos senhores parlamentares a lista que foi encaminhada para a Caixa”, pontuou.

Previsão de entrega
Jota Patrocínio ressaltou que a triagem da Caixa Econômica relativa ao Programa Minha Casa Minha Vida que está sendo executado na Vila Azul 1 e 2, localizada próxima ao estádio Mirandão, ainda está em processo de análise e que a entrega das 930 unidades habitacionais está prevista para janeiro de 2012.

 

AO VIVO