Menu
Busca quarta, 30 de setembro de 2020
(63) 99958-5851
Araguaína
36ºmax
23ºmin
BAIXA

Diretório desmente boatos gerados pela saída de Heltinho Dantas

30 setembro 2011 - 13h02

Dágila Veras
Da Redação


Após o anúncio oficial do diretório municipal do PMDB em Araguaína quanto à saída de Heltinho Dantas da presidência, o secretário geral da sigla no município, Odimar dos Santos Guimarães, entrou novamente em contato com nossa Redação para desmentir reportagem publicada em outro site de notícias local.



Divergência
Insatisfeito com as afirmações levantadas, Odimar reafirmou que a saída de Heltinho da direção foi em comum acordo entre as partes e ressaltou que diferente do que foi anunciado na reportagem do site "O Mehor da Amazônia", não existe nenhuma divergência entre o diretório da legenda e o ex-presidente: “Heltinho cumpriu sua missão no PMDB e sua saída não causa nenhum arranhão na relação do diretório com ele”.

Insatisfeitos
O secretário também destacou que outras lideranças do PMDB, como o vereador Elenil da Penha, manifestou insatisfação quanto à reportagem publicada, que afirmava que uma pessoa ligada a Heltinho disse que um dos possíveis motivos pelos quais ele deixou a direção da legenda, seria o posicionamento tomado por algumas lideranças do partido que estariam encaminhando o PMDB para projetos sem consistência.

Sobre isso, o secretário afirmou que tal pessoa, “não compartilha com o entendimento funcional do PMDB, que é um partido forte e tem muitos filiados importantes, como por exemplo, quatro representantes na Câmara Municipal de Araguaína”.

Coerência
Ainda sobre o assunto, Odimar Guimarães ressalta que “gostaria que o site tivesse mais coerência ao publicar suas matérias e que consultasse o comando do partido, porque Heltinho deixou a direção, mas o PMDB tem vice-presidente, o professor Nelson, tem secretário geral, enfim, tem representantes que podem responder aos questionamentos”.

Falta de consenso
Sobre o fato de o site anunciar que outra razão que teria motivado a saída de Heltinho, fosse o lançamento de duas candidaturas à majoritária no partido (Elenil da Penha e Jorge Frederico) e falta de consenso em trabalhar um único nome para disputar as próximas eleições, Odimar negou essa afirmação e garantiu que nenhuma decisão foi tomada ainda a respeito da candidatura a prefeito. “O PMDB tem dois nomes e cada um teve mais de 10 mil votos nas últimas eleições pra vereador. É natural que cada um tenha seu projeto político. Agora, o partido, que como sempre foi democrático, vai entrar no entendimento para definir o pré-candidato da sigla”.

Encontro regional
Ao final da entrevista, o secretário geral informou à nossa reportagem que nos próximos dias, o PMDB realizará o encontro regional partidário onde acontecerá um mutirão de filiações e afunilamento das decisões a serem tomadas no processo político visando as eleições de 2012. A data do evento ainda não está marcada, mas Odimar explica que provavelmente nesta sexta-feira, 30, uma reunião irá definir o dia do encontro.
 

AO VIVO