Menu
Busca quinta, 17 de outubro de 2019
(63) 99292-6165
Araguaína
34ºmax
23ºmin

Chuva causa graves transtornos na cidade de Araguaína

12 dezembro 2010 - 23h04
Na tarde deste domingo, 12, Araguaína foi tomada pelo caos ocasionado por uma chuva torrencial que durou cerca de duas horas.


O pouco tempo em que a chuva caiu foi suficiente para provocar vários estragos e os lugares mais atingidos pela força da chuva estão localizados às margens do córrego Neblina que corta a cidade. A Marginal Neblina e a Cônego João Lima, duas das principais vias de Araguaína ficaram intransitáveis em alguns trechos.

Quando a chuva cessou, vários pontos de alagamento foram detectados na cidade, e moradores que tiveram suas casas invadidas pela enxurrada tentavam recuperar os pertences que restavam.

Lixo
Entre os riscos eminentes que resultam de uma forte chuva como essa, está o de contaminação, pois o lixo acumulado em frente às residências e empresas são todos carregados pela força da água e se espalham pelas ruas trazendo riscos a quem precisa enfrentar a enxurrada, a exemplo disso, nossa câmera fotográfica registrou o momento em que o córrego Neblina transbordava e se aproximava do depósito de lixo hospitalar do Hospital São Lucas localizado ao lado do córrego.  

Animais peçonhentos
Além dos prejuízos causados pela chuva os moradores que tiveram suas casas atingidas podem ser vítimas de animais peçonhentos, que vivem nos matagais às margens dos brejos e em circunstâncias como estas buscam refúgio dentro das residências mais próximas.


Foi o que aconteceu com a dona de casa Luiza Ferreira, 47 anos, moradora do setor Martins Jorge, que encontrou dentro de sua casa uma cobra peçonhenta “Estava atrás da minha geladeira, tenho pavor à cobra, depois que tiramos ela de dentro de casa só pensava no meu netinho de três anos, já pensou se a cobra picasse ele? E a gente aqui nessa situação não pode fazer nada além de ter muito cuidado” Lamenta.

Essa desagradável surpresa e os riscos desses moradores serem vítimas, aumentam nessa época de chuva. A serpente encontrada dentro da casa de dona Luiza, por exemplo, foi identificada como jaracuçu, espécie altamente perigosa, seu veneno é suficiente para matar 18 adultos. A enfermeira Ana Idelphlynia explica que alguns cuidados precisam ser tomados com alguém que é picado por uma cobra venenosa “Após ser picada, a pessoa pode procurar ajuda em até quatro horas. O mais importante é o que não se deve fazer, como garrotes e cortes no local da picada”, explica.


Residências Centrais
Mais não foram somente moradores dos pontos próximos aos córregos que tiveram grandes prejuízos. Um conjunto de "kit nets", localizado na Rua Santa Cruz, próximo ao Mercado Municipal no setor Central, também foi atingido pela força da chuva que arrebentou um muro e os destroços invadiram as residências derrubando a área de uma das casas e o único portão de acesso às moradias. “A casa mais atingida foi a da minha vizinha Fernanda que tem dois filhos pequenos, graças a Deus não tinha ninguém em casa porque eles estão viajando, mas se o carro deles tivesse ali embaixo da área, seria um enorme prejuízo para eles” explica a bioquímica Elza Coutinho, 30 anos que ainda afirma que os destroços arrebentaram a porta da vizinha e invadiram a casa deixando um rastro de destruição no interior.


Samu
O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) que fica ao lado do córrego Neblina também não escapou da enxurrada e consequentemente teve suas atividades parcialmente prejudicadas devido à água que atingiu o prédio da Unidade.

Saneatins
Outra vítima das chuvas foi o chaveiro, Emivaldo Gomes, 40 anos, que durante o temporal, conduzia seu veículo, um Fiat Uno, na Rua Souza Porto quando foi surpreendido por uma enorme cratera formada na rua que engoliu parcialmente seu carro.

Segundo um dos moradores da rua, o autônomo Itamar Almeida, 35 anos, que tentava ajudar a retirar o carro da vala, o buraco foi feito pela Saneatins e que está ali há aproximadamente trinta dias. “Aqui tinha uma placa de sinalização, mais foi carregada pela chuva, acontece que se eles [Saneatins] já tivessem resolvido o problema, isso não teria acontecido” reclama o morador.

Indignado, o senhor Emivaldo Gomes, proprietário do veículo diz que vai procurar seus direitos, para que a Saneatins repare os prejuízos. “Isso é um absurdo! A Saneatins faz os buracos e não tapam e quem sai no prejuízo somos nós. Vou atrás dos meus direitos e quero que a empresa pague cada centavo do prejuízo que me causou” diz o chaveiro.


Após a chuva, algumas pessoas ainda permanecem ilhadas, à espera de as águas baixarem e ainda calculam os prejuízos causados pelo temporal. (Veja mais fotos na nossa galeria de imagens) 

A Prefeitura de Araguaína, informou na manhã desta segunda-feira, 13, que o telefone do Serviço Móvel de Urgência (SAMU), encontra-se indisponível devido à forte chuva de ontem, 12.

Dessa forma, para que o serviço continue operando, o SAMU estará funcionando temporariamente, através do número 193, do Corpo de Bombeiros,



Atualizado às 08h55 de 13/12/2010



Ao Vivo