Menu
Busca domingo, 09 de agosto de 2020
(63) 99958-5851
Araguaína
35ºmax
19ºmin

Wiliam Pereira é o representante do Tocantins no Soletrando 2012

24 outubro 2011 - 19h02

“Meu coração está batendo forte, não dá nem pra acreditar que passei”, disse o estudante de 12 anos, depois da classificação na fase estadual do concurso de soletração, ocorrida nesta segunda-feira, 24, em Palmas. Wilian é estudante do 8º ano do Colégio Estadual Adolfo Bezerra de Menezes, de Araguaína e se diz confiante para a participação na próxima etapa do Soletrando. “Vou estudar mais e tentar ficar menos nervoso pra representar bem o Tocantins”, conta. Maria Dineide Pereira, mãe do vencedor, diz que o filho fez por merecer. “Ele é um menino muito dedicado, estudioso, passou dias e noites estudando, lendo, e agora ele vê que valeu a pena”, relata.

Wiliam concorreu com outros 21 estudantes de seis escolas públicas do Tocantins: Escola Estadual Cooperativa Chapadão (Dianópolis), CAIC – Jorge Humberto Camargo (Araguaína), Escola Municipal Gilberto Rezende Rocha (Gurupi), do Colégio Estadual Padre Gama (Monte do Carmo), Colégio Estadual Adolfo Bezerra de Menezes (Araguaína), Escola Estadual Ana Amorim (Pedro Afonso).

De acordo com Sayonara Moraes Marinho , coordenadora da Supervisão Educacional da Secretaria Estadual da Educação, que fez parte do júri, o nervosismo foi o maior concorrente dos estudantes. “Alguns erraram palavras simples, que são conhecidas, mas pelo nervosismo acabaram esquecendo uma letra ou outra, mas o nível deles estava muito bom”. Segundo ela, a preparação dos estudantes da rede estadual para a competição acontece durante todo o ano, como parte integrante da grade curricular. “A maioria das escolas que participaram são da rede estadual, o que nos alegra muito, porque o Soletrando aumenta o interesse dos estudantes pela leitura e estimula a aprendizagem dos alunos. O interessante é que muitas das escolas estaduais já fazem o Soletrando durante o ano na própria unidade escolar, não só como preparação para o concurso, mas também para auxiliar na aprendizagem”, explica.

A desclassificação não desanimou os participantes
Foi a palavra ‘Cansaço’ que tirou Marcos Rodrigues da competição, depois de 11 rodadas, mas o garoto, que é colega de classe de Wiliam, e ficou em segundo lugar na competição, se mostrou muito disposto e promete se preparar para as próximas edições. “É assim mesmo, a gente estuda, mas às vezes bate a dúvida. Fiquei feliz pelo meu colega e pra mim chegar até aqui já foi muito bom. Ano que vem tem de novo”, fala animado.

Mayra Alessandra, aluna da Escola Estadual Padre Gama, de Pedro Afonso, foi a última menina a permanecer na disputa, e também mostrou disposição para se prepara melhor e competir na edição 2013. “Sempre tive facilidade em português e gosto muito de ler. Vou estudar mais para o ano que vem”, diz

Etapa regional

Wiliam vai defender o Tocantins na etapa regional, que deve acontecer em fevereiro, no Rio de Janeiro, onde irá disputar a vaga na grande final no programa Caldeirão do Luciano Huck, com os representantes do Amazonas, Pará, Acre, Rondônia, Roraima, Amapá, Goiás e Distrito Federal. O vencedor do quadro ganha como prêmio uma poupança no valor de R$ 100 mil para investir em estudos. (Núbia Daiana Mota)
 

AO VIVO