Menu
Busca sábado, 19 de outubro de 2019
(63) 99292-6165
Araguaína
35ºmax
23ºmin

Executivo discutiu nessa terça a reforma do aeroporto de Araguaína

11 janeiro 2011 - 15h51

A reforma do Aeroporto de Araguaína foi discutida nesta terça-feira, 11, pelo secretário da Indústria, do Comércio e do Turismo, Ernani Soares Siqueira, a subsecretária da Indústria e Comércio, Leide Mota, o prefeito Valuar Barros e o secretário de Indústria e Comércio do município, Nair Halum.

Para Ernani neste primeiro momento será feito um levantamento das obras e do projeto de reforma e depois será apresentado ao governador para que seja averiguada as demandas que estão emperrando a reestruturação e reforma do aeroporto.

Segundo o prefeito Valuar Barros, o município vem recebendo diversos empresários interessados em investir na região e o aeroporto será de grande importância para a consolidação desses investimentos.

Nain Halum explicou que o aeroporto já opera com três companhias aéreas e a conclusão da reforma pode atrair a GOL Linhas Aéreas, que já demonstra interesse em disponibilizar vôos diários para o município.

Ainda de acordo com o secretário municipal na primeira fase do Plano de Investimentos de 2010, do Programa Federal de Auxílio a Aeroportos (Profaa), foram liberados recursos no montante de R$ 9.495.391,46 para a recuperação da pavimentação asfáltica da pista de pouso/decolagem, pista de táxi principal e do pátio de aeronaves; pátio de aviação geral e acessos à pista de pouso e decolagem. “O que preocupa é a reforma e ampliação do terminal aeroportuário que será feita em parceria entre Estado e município”, frisou Nain Halum.

Com a reforma o terminal vai dobrar de tamanho, passando de 414m para 1.300m. O novo espaço vai disponibilizar condomínio com várias salas comerciais, salas de embarque com capacidade para 90 pessoas, sala vip, terminais de atendimento da Polícia Federal, Juizado de Menores e da Vigilância Sanitária.


O Aeroporto
Construído em 1978 o aeroporto de Araguaina nunca passou por uma reforma geral. Nesta etapa o prédio que conta com 1 hall, escritório, guichês, 1 lanchonete e sanitários, terá sua estrutura modernizada. A reforma também, inclui a ampliação e o recapeamento da pista de pouso e decolagem que passará de 1.800 m² para 2.200 m². “Esse aumento da pista possibilitará futuramente o transporte de cargas da Zona de Processamento de Exportação (ZPE) de Araguaína”, informou Nair Halum. (Da assessoria da Secretaria da Indústria do Comércio e do Turismo)

 

AO VIVO