Menu
Busca domingo, 15 de setembro de 2019
(63) 99292-6165
Araguaína
37ºmax
23ºmin
OPORTUNIDADE

Mais de 200 veículos serão leiloados nesta terça-feira em Araguaína

24 junho 2019 - 17h41

Desde a última segunda-feira até o próximo dia 24, está aberto à visitação o Sistema Integrado de Pátio de Araguaína (Sipar) para quem deseja avaliar os veículos que estarão disponíveis no 5° Leilão da Agência de Segurança, Transporte e Trânsito (ASTT) de Araguaína.

O Sipar fica localizado à Rua 10, s/n°, Jardim dos Ipês 1. O horário de visitação é das 8 às 12 horas e das 14 às 18 horas. Nesta edição, o leilão conta com 217 veículos, entre motocicletas, carros de passeio, caminhonetes e até um caminhão truck. Destes, 100 estão em condição de circulação e 117 são sucatas.

De acordo com o diretor administrativo do Sipar, Aluísio Bringel, os veículos são arrematados em média por valores 30% abaixo do mercado. Entre as sucatas, há lotes com lance inicial no valor de R$ 10. O lance inicial mais alto é o do caminhão Mercedes Benz 1620, de ano e modelo 2005, no valor de R$ 25 mil.

O leilão

O 5° leilão da ASTT será realizado na próxima terça-feira, 25, a partir das 9 horas, no ginásio poliesportivo do Bairro São João, localizado à Rua Humberto de Campos, esquina com a Rua Rui Barbosa, s/n°, Bairro São João.

Qualquer pessoa, física ou jurídica, pode comprar os veículos em condições de circulação. Já para os veículos na modalidade sucata, é vedada a compra por pessoa física. O responsável pela pessoa jurídica que arrematar deverá firmar compromisso, no ato da compra, declarando que a aquisição é única e exclusiva para a retirada de peças, não podendo sob hipótese alguma trafegar com o referido veículo.

O que precisa

É necessário levar duas folhas de cheque para usar como caução ao despachante e ao leiloeiro. O arrematante tem 24 horas para fazer o pagamento e três dias para retirar o veículo.

Além do valor de remate, o comprador precisa pagar mais 5% do valor citado ao leiloeiro, R$ 150 da taxa administrativa do pátio e R$ 550 ao despachante para documentação do veículo em condições de circulação. Para os veículos na modalidade sucata, a taxa será de R$ 130 para pagamento de custas e honorários de baixas nos respectivos órgãos de origem.

Ao Vivo