Menu
Busca sexta, 20 de setembro de 2019
(63) 99292-6165
Araguaína
36ºmax
23ºmin
NORTE DO ESTADO

Jovem é morto por militares depois de fugir de abordagem policial

01 agosto 2019 - 09h10

Na noite desta quarta-feira (31), um jovem de 21 anos foi morto pela Polícia Militar (PM), em Itapiratins, na região norte do Estado.

De acordo com parentes, Carlos Henrique Craveiro Bevenuto estava com um amigo em um bar quando os dois foram abordados por policiais devido ao barulho que a motocicleta que eles usavam estava fazendo.

Testemunhas contam que os policiais queriam apreender a moto, mas os jovens se negaram entregar o veículo e começaram a correr. O amigo da vítima foi capturado, Carlos teria entrado em um lote escuro e levou um tiro.

A PM afirma que Carlos Henrique e o amigo estavam armados com facas e que o jovem teria tentado atacar um policial quando foi abordado. A polícia continua dizendo que tentativas de conter o jovem foram feitas, mas que acabou sendo necessário atirar. 

Carlos Henrique ainda chegou a ser socorrido, mas morreu a caminho do hospital.

A Polícia Civil informou que esteve no local e que a perícia foi realizada. O caso deve ser investigado.

O corpo do jovem foi levado ao Instituto Médico Legal (IML) de Araguaína e liberado para ser velado pela família.

Em nota, a Polícia Militar apresentou a versão dos policiais sobre a ocorrência:

Nota da Polícia Militar na íntegra

Resumo: A PM foi acionada pelo padrasto do infrator, onde este pedia auxílio para localizar seu enteado, pois o mesmo havia saído em uma motocicleta em visível estado de embriaguez. Em patrulhamento, Carlos Henrique foi localizando juntamente com um colega menor de idade num bar próximo a balsa, onde foram abordados e encontrado uma arma branca com eles. Quando foram informados que seriam conduzidos pra Delegacia, ambos resistiram, começaram a xingar e ameaçar os policiais militares e fugiram, abandonando o veículo no local.

Em diligências, o menor de idade foi localizado e apreendido. Carlos Henrique conseguiu fugir e se esconder em um lote baldio. Ao ser localizado pelos militares, ele estava em posse de uma faca, tipo peixeira, e investiu para atacar o policial militar, que por repetida vezes tentou fazer cessar o ataque do indivíduo. Em uma investida que colocou a integridade física do policial militar em risco, foi necessário fazer uso proporcional e seletivo da força para repelir a injusta agressão, onde foi feito disparo com arma de fogo que atingiu o infrator e conteve a injusta agressão.

Carlos Henrique foi socorrido imediatamente pela equipe e levado pra UBS local, onde foi levado ao Hospital de Guaraí, mas veio a óbito a caminho de Araguaína. A ocorrência foi registrada na Delegacia, onde foi apresentado o menor, duas armas brancas (faca peixeira e canivete) e um aparelho celular. A perícia foi realizada no local.

Ascom PMTO


 

Ao Vivo