Menu
Busca terça, 27 de outubro de 2020
(63) 99958-5851
Araguaína
32ºmax
23ºmin
POLÊMICA

Atriz se irrita e rebate críticas por viajar para região do Jalapão em plena pandemia

31 agosto 2020 - 09h01Por Notícias da Tv

Carol Nakamura, 37 anos, está em viagem pelo Estado do Tocantins e recebeu críticas por visitar regiões turísticas em plena pandemia. As férias da atriz geraram, inclusive, uma nota de repúdio da Associação Tocantinense de Turismo Receptivo, pois o Parque Estadual do Jalapão está fechado pela Covid-19. Irritada, ela afirmou que não esteve dentro da área de conservação. "Cansada de ser injustiçada", disse neste domingo (30).

Em uma série de vídeos em seu Instagram, Carol contou que ela e o noivo, Guilherme Leonel, decidiram viajar até a região para descansar e negociar a compra de um terreno. Eles visitaram a região de São Félix do Tocantins, ficaram hospedados na casa de um amigo, e Palmas. 

"Não preciso falar da minha vida pessoal para ninguém. Mas estou cansada de ser injustiçada, de mentira e de achismo. Por isso, vim falar para vocês que resolvi viajar porque minha passagem estava vencendo. Em São Félix não está proibida a visitação, que foi exatamente onde eu fiquei. Vim ao Jalapão porque tenho interesse. Eu comprei um terreno no Jalapão", iniciou.

"Aproveitando a minha passagem, fui ver terras que eu queria e fui descansar, porque eu precisava. Essa quarentena foi muito difícil para mim, com nove cachorros, eu não tinha auxiliar dentro de casa. Eu precisava de um descanso paz. E eu achava que tinha encontrado, mas até as pessoas começarem a falar que eu estava dentro do parque do Jalapão", reclamou.

A ex-bailarina de Fausto Silva mostrou documentos da compra do terreno e prints de seu álbum de fotos que mostravam sua localização fora da área de conservação. "Eu quero que alguém mostre uma foto com data porque eu, realmente,  já fui ao Jalapão, mas não nessa viagem, porque está proibido. Quero foto e vídeo ou qualquer coisa que prove que eu fui num lugar onde não pode ir", atacou.

"Eu fui a São Felix, na casa de amigos, numa propriedade particular. Fui convidada a ficar nessa casa em São Felix, não no Parque do Jalapão. Inclusive, a pessoa dessa família que eu estava foi quem me levou para a compra do terreno. Ou seja, eu acho tão chato ter que expor a minha vida pessoal para provar algo que eu não fiz."

Aula de Geografia

Carol frisou que o município de São Félix do Tocantins não está fechado por causa da pandemia. "Não estou fazendo nada de errado, fiz o teste antes de vir para cá. Só quis paz e sossego. Mas, infelizmente, existem pessoas assim que querem tirar a sua paz e sossego. Por favor, não falem aquilo que vocês não sabem. Enfim, desabafei porque eu, realmente, estou muito cansada de achismo", criticou.

Nervosa, a bailarina mostrou mapas de Tocantins em seu Instagram para indicar a localização exata do Parque Estadual do Jalapão. "Rolou uma aula de geografia. Inclusive até para pessoas que moram aqui e não sabem disso: o parque é uma coisa, São Félix é outra, e propriedade particular é outra coisa. As pessoas que têm propriedade particular têm direito, se quiserem, de receber alguém dentro de casa. Não tem nada de errado", queixou-se.

"Nota de Repúdio

Associação Tocantinense de Turismo Receptivo - ATTR, Associação de Turismo Regional do Jalapão - Atureta e Associação Jalapoeira de Condutores Ambientais - Ajaca vêm à público manifestar repúdio à exposição e à postura da atriz Carol Nakamura (@carol_nakamura) e seu noivo ator Guilherme Leonel (@euguileonel) bem como o Senhor Bruno Coelho.

Conforme foi amplamente divulgado por meio de mídias sociais pelos próprios atores, estiveram na região do Jalapão nos dias 24, 25, 26 de agosto de 2020 no município de São Félix do Tocantins, todos recepcionados no Fervedouro e Pousada Bela Vista.

Fatos estes confirmados pelas notórias publicações em seus respectivos perfis da rede social Instagram.com, desta forma os mesmo violaram total desrespeito e afronta ao vigente Decreto Municipal do Município de São Félix do Tocantins nº 35 / 2020 na qual determina ação preventiva para o enfrentamento da Covid-19, bem como decreta a suspensão de todas as atividades turísticas, exercidas em áreas públicas ou privadas.

Repudiamos veemente a postura desrespeitosa de Carol e Guilherme com o turismo no Jalapão, sendo inclusive usado até serviço de operador de turismo regional para realizar turismo de negócios em tempos de isolamento e total proibição de atividade turística para todos.

Repudiamos ainda os exitosos esforços dos responsáveis por viabilizarem a realização da expedição sabidamente por todos ser proibida as atividades turísticas e econômicas em todo Parque Estadual do Jalapão, assumindo posição de indiferença para com as agências de turismos, condutores ambientais e guia de turismo, além de todas as comunidades que aqui vivem e subsistem do turismo, e que estão gravemente afetados nesse momento de crise sanitária.

Todos os emvolvidos fomentaram a visitação turística ao Parque Estadual do Jalapão no momento delicado de ajustes e múltiplos esforços para retomada das atividades e árdua implantação dos protocolos de segurança para reabertura em 05/10/2020, nos municípios de Mateiros e Ponte Alta, de acordo com a Nota de Esclarecimento veiculada. 

Até o presente momento, a Adetuc e a Secretaria de Turismo e Meio Ambiente de São Félix não manifestaram sobre o e-mail enviado por estas entidades solicitando esclarecimentos do fato e uma prévia autorização.

Palmas, 28 de agosto de 2020." 

AO VIVO