Menu
Busca quinta, 22 de outubro de 2020
(63) 99958-5851
Araguaína
36ºmax
23ºmin
NO TOCANTINS

Barra da Grota e mais 2 unidades prisionais se preparam para isolar detentos com Covid-19

27 maio 2020 - 08h21

O Núcleo de Custódia e Casa de Prisão Provisória de Palmas (NCCPP) e a Unidade de Tratamento Penal Barra da Grota (UTPBG) inauguram hoje (27), uma Central de Isolamento em cada unidade, com o objetivo de separar os detentos que apresentarem sintomas da Covid-19 e evitar o contágio de seus companheiros de cela e demais presos. “Os leitos disponíveis estão isolados da estrutura principal da unidade prisional e foram abastecidos com medicamentos para alívio dos sintomas, soro e oxigênio”, declara Alexandre Calixto, gerente de ressocialização da Embrasil Serviços, empresa cogestora da NCCPP e da UTPBG.  

Os detentos são monitorados pelas equipes de saúde das unidades, formadas por médicos, enfermeiros, técnicos e farmacêuticos. Segundo Calixto, em Palmas, em razão do número de internos, alguns reeducandos também receberam treinamento para auxiliar no monitoramento de seus companheiros de detenção, relatando possíveis sintomas à equipe. “Quando um detento apresenta sintomas, fazemos a primeira avaliação na enfermaria e, caso os sintomas relevem uma possível infecção pelo novo coronavirus, o encaminhamos para a área de isolamento, onde ficará até que seja testado. Se o resultado for positivo, isolamos o infectado por 21 dias e monitoramos também seus companheiros de cela por 14 dias, evitando a proliferação do vírus”, explica. 

Ronan Fernando de Andrade é médico e responsável técnico da saúde prisional da NCCPP e explica que os detentos só serão encaminhados ao hospital se apresentarem um quadro grave da doença. Caso os sintomas sejam leves, o detento infectado receberá tratamento na própria NCCPP, em uma cela especialmente isolada para evitar o contágio. “Nos casos mais leves nós conseguimos tratar os sintomas sem a necessidade de deslocamento. Porém, ao menor sinal de piora no quadro, o plano de contingência prevê o encaminhamento do detento a um hospital de referência”, assegura. Esta medida também está sendo tomada na UTPBG. 

Além das centrais de isolamento, outras medidas de prevenção contra a Covid-19 estão sendo tomadas juntamente com a Secretaria Estadual de Cidadania e Justiça, por meio do Núcleo de Operações, Prevenção e Controle à Covid-19, como a desinfecção das celas e das áreas comuns duas vezes ao dia com quaternário de amônio, o uso de EPI’s – como máscaras, luvas e álcool em gel – por todos os funcionários e o monitoramento da temperatura e aplicação de questionário para avaliação de possíveis sintomas todas as vezes que há necessidade de deslocamento das unidades. 

AO VIVO