Menu
Busca sábado, 24 de julho de 2021
(63) 99958-5851
Araguaína
34ºmax
19ºmin
APÓS TREINAMENTO

Brigadistas começam a atuar no controle de incêndios em Araguaína

22 junho 2021 - 14h11

Com a chegada do período de estiagem, o trabalho de prevenção e controle aos incêndios começam a ser intensificados pela Prefeitura de Araguaína e o Corpo de Bombeiros. Nos dias 19 a 21, dez brigadistas contratados pela Prefeitura, por meio da Defesa Civil, participaram de treinamento para atuarem na cidade a partir desta terça-feira, 22.

O comandante do 2º Batalhão de Bombeiros Militar (BBM), Major João Neto, reconhece a relevância dessa parceria. “É muito importante, pois nosso período de estiagem é longo. Em anos anteriores, foram registrados altos números de incêndios, essa é uma forma de estarmos combatendo diuturnamente os focos”.

De acordo com o secretário da Defesa Civil Municipal, Ricardo Isaías, essa ação conjunta traz mais segurança à população e ao meio ambiente. “É uma ação de proteção ao município, nós temos uma parceria desde 2014 com o Corpo de Bombeiros, em que disponibilizamos brigadistas para o apoio do combate direto das queimadas no período de estiagem inteiro".

O curso

O treinamento iniciou no sábado, 19, com aulas de instruções de combate ao incêndio, noções de primeiros socorros, manuseio e manutenção dos equipamentos. Na tarde desta segunda-feira, 21, o curso finalizou com uma aula prática de técnicas de combate ao incêndio florestal na chácara da Polícia Militar, localizada na TO-222.

O brigadista Wesley Fernandes conta que gostou de participar do treinamento e está otimista. “As aulas teóricas e práticas foram muito importantes para aprendermos todas as técnicas e conseguirmos ajudar no controle dos incêndios na cidade que é nosso principal objetivo. ”

Os profissionais atuam em escala de 12 horas de trabalho, por 36 de descanso. Segundo dados do Corpo de Bombeiros, no ano passado foram registrados 250 focos de incêndio neste período.
 
Programa Protocolo do Fogo

A Prefeitura de Araguaína aderiu, em 2017, ao Programa Protocolo do Fogo, que tem como objetivo o compromisso voluntário da sociedade local em debater problemas relacionados ao uso do fogo e seus efeitos ao meio ambiente.
Desenvolvido em conjunto com órgãos ambientais e a sociedade civil organizada, o Protocolo do Fogo atua tanto na parte de prevenção como também no combate direto aos focos de incêndio na zona urbana e rural.

AO VIVO