Menu
Busca segunda, 20 de setembro de 2021
(63) 99958-5851
Araguaína
36ºmax
23ºmin
SAÚDE PÚBLICA

Com queda de 92% na procura por UBS referência para Covid, Araguaína reestrutura atendimento

13 agosto 2021 - 08h46

Com uma redução de 92% de maio a agosto deste ano no número de atendimentos de casos suspeitos de covid-19 nas UBS (unidades básicas de saúde) referência de Araguaína (de 5.510 para 444), a Secretaria da Saúde do Município determinou o retorno de uma das unidades para os atendimentos do Programa Estratégia Saúde da família.

A partir de terça-feira, 17, a UBS Dr. Raimundo Gomes Marinho (Setor Maracanã), que teve a maior redução no número de atendimentos entre os meses de maio e agosto, de 1.367 para 106, passará a realizar vacinação, consultas médicas, atendimentos de enfermagem, realização de exames e dispensação de medicamentos.

“É importante lembrar que a população dos bairros onde as unidades referência para casos suspeitos de covid-19 estão localizadas não deixou de receber atendimento de saúde, podendo ser atendida nas unidades de saúde dos bairros vizinhos. Mas nós temos observado uma diminuição considerável na procura por atendimento de casos de covid, principalmente na unidade Dr. Raimundo que fica no Setor Maracanã, por isso decidimos retornar o atendimento padrão do Programa Estratégia Saúde da Família para esta unidade”, explicou a superintendente da Atenção Básica, Thaize Helena Cordeiro.

Casos de covid-19

Apesar da mudança, o Município continuará atendendo casos leves ou suspeitos de covid-19 nas UBS Albeny Soares (Setor Couto) e José de Sousa Rezende (Setor Alto Bonito).  De acordo com o último relatório da Secretaria da Saúde de Araguaína, entre os meses de maio e agosto deste ano foram realizados 13.100 atendimentos nas três UBS referência e 11.333 testes de covid, entre testes rápidos e SWAB.

O número de casos positivos registrados mensalmente também caiu, de 3.616 no mês de maio para 319 em agosto. Atualmente existem 983 casos ativos de covid-19 em Araguaína e a previsão do Município é que este número também reduza nas próximas semanas com o reflexo do avanço da vacinação. A imunização no município já ultrapassou os 50% da população que recebeu a primeira dose e foi ampliada para as pessoas com idade a partir dos 18 anos desde essa quinta-feira, 12.

AO VIVO