Menu
Busca terça, 21 de setembro de 2021
(63) 99958-5851
Araguaína
37ºmax
23ºmin
ECONOMIA

Contexto de pandemia traz consequências para a indústria de cassinos

26 agosto 2021 - 16h38

O surgimento da pandemia de covid-19 impôs novos desafios para o mundo como um todo e um deles, sem dúvida, foi buscar maneiras de se divertir sem sair de casa.

Nesse sentido, uma das estratégias de entretenimento que as pessoas encontraram foram os cassinos online – que oferecem muitas vantagens, como a praticidade, o conforto, os custos mais baixos, as inovações tecnológicas e uma variedade jogos bastante similar aos ambientes físicos. 

Porém, ainda que jogar cassino online seja bastante divertido, surge o questionamento: como ficam os países onde os cassinos físicos são permitidos e movimentam muito dinheiro para a economia local? Nos Estados Unidos, por exemplo, os estabelecimentos foram fechados em diversos momentos da pandemia – porém retomaram as atividades conforme a vacinação avançou. Esse processo se deu a partir de janeiro de 2021, quando o democrata Joe Biden assumiu a presidência do país e acelerou a imunização da população.

Com três meses de gestão, o presidente conseguiu vacinar 100 milhões de pessoas, o que reduziu a circulação do vírus e, como consequência, o número de casos e de mortes. Isso permitiu uma reabertura gradual dos cassinos físicos, possibilitando um momento próspero para o setor de apostas esportivas – já que os rendimentos da indústria de cassinos passaram a serem gerados tanto com os cassinos físicos como com os cassinos online.

Principais números da indústria de cassinos nos EUA

Dados divulgados em maio 2021 pela American Gaming Association, entidade de comércio nacional da indústria de cassinos dos EUA, informaram que foram arrecadados mais de US$ 11,1 bilhões (aproximadamente R$ 60 bilhões) somente no primeiro trimestre do ano. Esse rendimento foi o maior atingido pelo setor nos últimos anos (especificamente desde o início de 2019), e representa uma elevação de 18% se comparado ao primeiro trimestre de 2020. 

É importante ressaltar que o modelo de estado dos Estados Unidos – que é federativo – permite que cada uma das suas unidades tenha relativa autonomia na tomada de decisões para a reabertura de cassinos, o que fez com que as diretrizes e as restrições mudassem de um local para outro. Além disso, o controle da pandemia também variou entre essas unidades, fazendo com que a reabertura ocorresse em momentos diferentes para cada uma delas. 

Por exemplo, os cassinos da Pensilvânia e de Illinois foram reabertos em janeiro, enquanto o Novo México retomou suas atividades apenas em março – sendo, portanto, o último estado do país a reabrir o setor de cassinos físicos, após ficar aproximadamente um ano fechado. Outro ponto importante é que a maioria dos estados manteve a ocupação limitada como forma de proteger frequentadores do ambiente (seja funcionários ou clientes) contra à covid – 14 dos 25 locais que concentram a maior parte da receita limitaram a uma taxa de 50% de ocupação durante o trimestre avaliado. Dakota do Sul foi um dos poucos locais que operou com 100% de capacidade nesse primeiro trimestre – além disso, foi a primeira unidade federativa que reabriu, já em maio de 2020. 

Dessa forma, a expectativa para a indústria de cassinos é bastante otimista, uma vez que seu desempenho foi significativo mesmo com as restrições de circulação de pessoas em grande parte dos estados norte-americanos. Esse resultado também é sustentado pelo crescimento do setor de cassinos online – que alavancaram muito em meio à crise de covid-19. Espera-se que, com o controle total da pandemia, principalmente por meio do avanço da vacinação da população, esses lucros aumentem ainda mais. 

O que esperar para a indústria dos cassinos 

Originalmente, cassinos são locais onde diversas pessoas interagem entre si por meio da prática de jogos de sorte e azar. Inevitavelmente, esse setor foi um dos primeiros a sentir as consequências do avanço da pandemia – uma vez que esses estabelecimentos físicos foram fechados pelo mundo até que os números de novos casos e de mortes estivessem relativamente controlados.

Além disso, muitas fronteiras de países que possuem os mais famosos cassinos permaneceram (e, em alguns casos, ainda permanecem) fechadas para visitantes estrangeiros, o que limita o acesso e a circulação de pessoas a esses estabelecimentos comerciais. Com o controle da pandemia, a expectativa é que haja retomada no número de visitantes turistas que frequentam esses locais – garantindo, ainda, a normalização dos rendimentos.  

Mas o fato é que o cenário de pandemia modificou a lógica da indústria dos cassinos possivelmente de maneira irreversível, o que, de certo modo, tem sido positivo. O setor de jogos online – que já vinha crescendo nos últimos anos até pelas vantagens que oferece – alavancou ainda mais, se popularizando entre as pessoas e gerando receitas significativas para esse mercado. Estimativas apontam que o segmento tem potencial para alcançar, até 2027, uma receita de US $ 127 milhões.

 

AO VIVO