Menu
Busca sexta, 21 de fevereiro de 2020
(63) 99292-6165
Araguaína
30ºmax
22ºmin
TOCANTINS

Corregedor-geral da Civil é exonerado menos de 3 meses após assumir o cargo

25 setembro 2019 - 09h03

O delegado, Márcio Girotto Vilela, corregedor-geral da Polícia Civil, foi exonerado do cargo. A medida foi publicada na noite desta terça-feira (24), no Diário Oficial do Estado e já está em vigor.

Sem apresentar nenhuma justificativa, o Secretário-Chefe da Casa Civil, Rolf Costa Vidal, assinou a dispensa do delegado.

Vilela estava no cargo desde o fim de junho, quando assumiu a Corregedoria durante a polêmica com o relatório funcional que atribuiu nota 0 para vários delegados do Estado. O documento teve a validade revogada, depois que a Secretaria de Segurança Pública assumiu erros.

O então Corregedor-Geral, Fábio Augusto Simon, que ocupava o cargo desde 2015, dissse que tinha motivos pessoais para a saída.

Entre as ações da Corregedoria está a investigação de crimes e infrações administrativas praticadas por policiais civis. O órgão é responsável também por apurar casos de insubordinação.

Até o momento ninguém foi nomeado para substituir Vilela.

 

AO VIVO