Menu
Busca sábado, 18 de setembro de 2021
(63) 99958-5851
Araguaína
36ºmax
21ºmin
ESTUDO CIENTÍFICO

Pessoas que tiveram Covid podem produzir anticorpos por toda a vida

31 maio 2021 - 15h20Por Meio Norte

Pessoa que tiveram Covid-19 e apresentaram quadro leve podem continuar produzindo anticorpos por toda a vida, contra o coronavírus SARS-CoV-2, é o que mostra um artigo publicado na revista Galileu. A conclusão é resultado de um estudo realizado por uma  equipe de cientistas da Universidade de Washington em St. Louis, nos Estados Unidos.

Outro estudo, divulgado na revista Nature, mostra que episódios repetidos da patologia pandêmica são provavelmente pouco frequentes. Segundo os investigadores, 11 meses após a infeção com sintomas ligeiros, os pacientes envolvidos na pesquisa ainda detinham células imunológicas capazes de produzir anticorpos.

Ali Ellebedy, co-autor do estudo, explicou num comunicado emitido à imprensa: "é normal que os níveis de anticorpos diminuam após a infeção aguda, mas não chegam a zero; estabilizam-se. Encontramos células produtoras de anticorpos em indivíduos 11 meses após os primeiros sintomas. Essas células viverão e produzirão anticorpos pelo resto da vida das pessoas".

O estudo incluiu amostras de sangue de 77 indivíduos, recolhidos com intervalos de três meses a partir de um mês após a infeção pelo novo coronavírus. Sendo, que a vasta maioria dos voluntários sofreu de quadros ligeiros de Covid-19, embora seis tenham sido hospitalizados.

Também foram analisadas mostras de medula óssea de 18 pessoas, entre sete e oito meses após a doença.

Depois de quatro meses, foram recolhidas novas amostras de cinco participantes.

Conforme destaca a revista Galileu, os níveis de anticorpos no sangue dos participantes com a doença diminuíram nos primeiros meses, estabilizando-se posteriormente. Constatando-se surpreendentemente a presença de células produtoras dessas substâncias em 15 das amostras de medula óssea de indivíduos que padeceram de Covid ligeira. 

AO VIVO