Menu
Busca terça, 26 de outubro de 2021
(63) 99958-5851
Araguaína
35ºmax
23ºmin
IMUNIZAÇÃO

Detentos de unidades penais do Tocantins são vacinados contra a Covid

13 julho 2021 - 09h16Por Secom

Pessoas privadas de liberdade de 20 unidades penais do Estado foram vacinadas contra a Covid-19, o planejamento e operacionalização da vacinação nos estabelecimentos penais tocantinenses foi articulado entre a Secretaria de Estado da Cidadania e Justiça (Seciju), Secretaria de Estado da Saúde (SES) e secretarias municipais de saúde, conforme a Política Nacional de Atenção Integral à Saúde das Pessoas Privadas de Liberdade no Sistema Prisional (Pnaisp).

“Desde 11 de março de 2020, momento em que a Organização Mundial da Saúde (OMS) classificou o surto da Covid-19 como Emergência de Saúde Pública de Âmbito Internacional, nós estamos trabalhando com a finalidade de preservar a saúde e a vida dos custodiados em unidades penais do Tocantins. Para isso, elaboramos planos de contenção a contaminação do novo Coronavírus nos estabelecimentos penais e hoje comemoramos a vacinação das pessoas privadas de liberdade de 20 unidades penais, pois sabemos que a vacina tem o objetivo de reduzir a morbimortalidade causada pelo novo Coronavírus”, considera o secretário da Cidadania e Justiça, Heber Fidelis.

O superintendente de Administração dos Sistemas Penitenciário e Prisional, Orleanes de Sousa Alves, explica que os custodiados das outras 10 unidades penais devem ser vacinados nos próximos dias. “Esperamos que em breve as 30 unidades penais estejam com todos os custodiados vacinados com a primeira dose. Neste momento, das 20 unidades penais, com exceção da Unidade Penal de Palmas, onde os presos receberam a imunização contra a Covid-19 em dose única, as demais unidades aguardam o calendário municipal de vacinação da segunda dose. Diante disso, esperamos que nos próximos meses 100% da população prisional esteja imunizada”, vislumbra.

O superintendente ressalta que todas as medidas de prevenção tomadas quanto a contenção da Covid-19 no âmbito do Sistema Penal do Tocantins se fizeram necessárias para preservação da saúde dos presos e das famílias foram elas: protocolos de limpeza, sanitização e desinfecção do ambiente carcerário; uso obrigatório de máscara pelos custodiados e servidores; triagem em servidores para adentrar a unidade penal; suspensão das visitas presenciais, ocorrendo por meio de televisitas ou videochamadas; suspensão das atividades escolares, de assistência religiosa e de organizações da sociedade civil; suplementação alimentar; seleção de unidades para o recebimento de novos presos denominada Operação Lockdown.

Unidades Penais

As unidades penais que tiveram os custodiados vacinados são: Araguatins, Augustinópolis, Tocantinópolis, Ananás, Araguaína, Colinas, Colméia, Pedro Afonso, Araguacema, Cristalândia, Palmas (unidade masculina e feminina), Porto Nacional, Miracema, Araguaçu, Formoso do Araguaia, Talismã, Dianópolis, Taguatinga e Unidade de Tratamento Penal Barra da Grota. 

Planejamento e operacionalização da vacinação nos estabelecimentos penais foi articulado entre a Seciju, SES e secretarias municipais  - Cidadania e Justiça/Governo do Tocantins

 

AO VIVO