Menu
Busca sexta, 27 de novembro de 2020
(63) 99958-5851
Araguaína
31ºmax
21ºmin
EM PALMAS

Seis pessoas são detidas durante tentativa desocupação de área invadida

16 setembro 2019 - 11h48

Na manhã de domingo (15), a Polícia Militar (PM) precisou usar de força para retirar famílias ligadas ao Movimento Nacional de Luta pela Moradia (MNLM) de uma área pública na Quadra 905 Sul, em Palmas.

A área que é alvo de uma disputa na justiça entre Estado e particulares é destinada à construção de casas populares e nas primeiras horas do dia os ocupantes iniciaram as demarcações de terrenos. 

A PM chegou já no final da manhã na quadra e ordenou que as famílias deixassem o local, então os manifestantes passaram a ocupar o canteiro central da avenida LO-23.

Tensão

Seis pessoas foram detidas após o bate-boca entre integrantes do movimento e os militares. Entre as pessoas detidas estavam o ex-vereador e um dos líderes do MNLM, Bismarque do Movimento (PT), o advogado Lucas Naves e uma mulher, que foi imobilizada com um ‘mata-leão’ por um dos militares.

Os detidos foram levados à Delegacia de Polícia Civil e autuados por esbulho possessório, resistência e desacato.

Uso da força

Segundo o MNLM, não havia nenhuma ordem judicial de reintegração de posse, tendo assim os militares envolvidos na ação agido com violência. 

A Polícia Militar disse em nota que esteve ao local para negociar a desocupação da área de forma pacífica e que usou a força porque os manifestantes realizaram desacatos e resistiram ao pedido de desocupação. 

O Comando de Policiamento da Capital (CPC) afirmou que irá analisar os vídeos que estão nas redes sociais para apurar quaisquer ilegalidades em relação à alegação de uso de força excessiva e arbitrariedade por parte da polícia. 

Governo do Estado

Governo do Estado informou por meio de uma nota que a Secretaria da Infraestrutura, Cidades e Habitação (Seinf) recentemente retomou a obra de construção de 272 apartamentos do Pró-Moradia na quadra Arso 92 (905 Sul). 

A nota afirma também que já existem famílias pré-selecionadas aguardando a entrega dos imóveis.

Os nomes dos beneficiários pré-selecionadas não foram divulgados e nem o cronograma de andamento e entrega das obras.

AO VIVO