Menu
Busca sexta, 05 de junho de 2020
(63) 99958-5851
Araguaína
33ºmax
22ºmin
EFEITO CORONAVÍRUS

Em coletiva prefeita fala em restrições e novas contratações de profissionais de Saúde

18 março 2020 - 20h33Por Redação

A prefeita de Palmas, Cínthia Ribeiro, realizou na noite desta quarta-feira (18), um coletiva de imprensa transmitida ao vivo através das redes sociais para falar sobre as medidas a serem adotadas diante da confirmação do primeiro caso de Coronavírus em Palmas. 

Enquanto a gestora discursava, o novo Decreto estava sendo finalizado e aguardava apenas a sua revisão para ser publicado no Diário Oficial do Município. 

Durante a coletiva, a prefeita reiterou a importância do ilosamento social para conter o avanço do Coronavírus. 

A ameaça também está alterando a rotina dos servidores municipais e a prefeita destacou que os profissionais inseridos em grupos de risco devem ser remanejados e até mesmo autorizados a executarem na medida do possível, o seu trabalho em Home Office. 

Sobre os casos suspeitos, a prefeita reiterou que estão sendo monitorados diariamente com um prazo de acompanhamento de 14 dias. A gestora orienta ainda que pessoas que chegarem de viagens internacionais na capital, permaneçam isoladas em casa por pelo menos 7 dias e caso apresentem sintomas suspeitos procurem atendimento médico. 

Questionada sobre a situação dos moradores de rua, a prefeita garantiu que eles terão atendimento em todas as unidades de saúde do município e destacou que além disso, um projeto itinerante "Consulta na rua" também estaria pronto para atender essas pessoas. 

Como permanecerá o funcionamento de shoppings, bares e restaurantes na capital também foi uma das perguntas direcionadas à prefeita no evento, na oportunidade ela não deu mais detalhes mas garantiu que com o novo decreto, restrições mais rígidas serão determinadas em Palmas relativa à aglomeração de pessoas. 

O Secretário Municipal de Saúde, Daniel Borini Zemuner, também participou da coletiva e destacou que o município deverá contratar mais servidores nos próximos dias para atuar nas unidades de saúde que terão seus horários de atendimentos estendidos para até às 21 horas. O objetivo é conseguir atender à demanda de pessoas que procurarem os postos de saúde também no período noturno.

AO VIVO