Menu
Busca quarta, 20 de novembro de 2019
(63) 99292-6165
Araguaína
31ºmax
22ºmin
AINDA ESTE MÊS

Em vídeo, Bolsonaro confirma vinda ao Tocantins para participar de evento histórico

07 novembro 2019 - 15h11Por Redação

O governador Mauro Carlesse adiou a assinatura de empréstimos no valor de R$ 583 milhões entre o Governo do Tocantins e a Caixa Econômica Federal para que o presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL) possa comparecer ao evento histórico. O adiamento ocorreu após o presidente demonstrar interesse em participar da cerimônia.

A assinatura do contrato seria nesta sexta-feira (8) na Capital, mas será agendada novamente para adequação à agenda de Jair Bolsonaro. A data prevista agora é para o próximo dia 28, no Palácio Araguaia. 

O presidente do Senado Federal, Davi Alcolumbre, e presidente da Caixa Econômica, Pedro Duarte Guimarães também devem marcar presença, além dos prefeitos, vice-prefeitos e vereadores dos 139 municípios tocantinenses. Os empréstimos vão ser investidos em obras nas áreas da saúde, educação e infraestrutura em todas as cidades do Tocantins.

Os deputados estaduais e a bancada federal do Estado também receberam o convite.  

Com a presença do Bolsonaro no evento, será a primeira vez que ele visitará o Tocantins como presidente da República. Em vídeo gravado ao lado do governador do Tocantins, do senador Eduardo Gomes (DEM) e do deputado federal Carlos Gaguim (MDB), Bolsonaro confirmou a presença na cerimônia: "Esse convite é uma ordem..." 

Veja o vídeo:

Obras contempladas

Além das obras de infraestrutura nos 139 municípios, serão contemplados no contrato de R$ 453 milhões a construção do Hospital Geral de Gurupi; a pavimentação das rodovias ligando Gurupi ao Trevo da Praia (TO-365); pavimentação da rodovia ligando Lagoa da Confusão à Barreira da Cruz (TO-225); a duplicação da rodovia ligando Araguaína ao Novo Horizonte; a pavimentação da TO-243 ligando Araguaína ao povoado Mato Verde; reforma do Ginásio Ercílio Bezerra, em Paraíso do Tocantins, e do Estádio Castanheirão, em Miracema; e ainda, a viabilização de obras como a construção de unidades habitacionais, e complementação de obras do programa Pró-Transporte.

Já o contrato de R$ 130 milhões, contempla a construção da nova ponte de Porto Nacional. 

AO VIVO