Menu
Busca sábado, 08 de agosto de 2020
(63) 99958-5851
Araguaína
35ºmax
20ºmin
Por: Dr. Paulo Reis

Dia do Médico Legista

07 abril 2011 - 18h01

Dia 07 de abril deveríamos comemorar o dia da Medicina Legal, ciência irmã do Direito, que desde épocas primitivas vêm prestando relevantes serviços à sociedade, sempre de maneira elegante, sem se fazer notar. Referência honrosa é conferida nas antigas leis de Talião, nos códigos de Hamurabi e Manu, onde médicos eram solicitados para esclarecimento de questões vinculadas a justiça.

No Brasil, a profissão de médico legista fora legalizada no final do século XIX pelo conselheiro João Alfredo Corrêa de Oliveira. Desde então podemos observar no Brasil grandes discípulos médicos como Nina Rodrigues, Oscar Freire e mais recentemente professores como Galvão, Hyrgino e Genival Veloso França, homens que lutaram e lutam por um único objetivo:contribuir para fiel aplicação da lei.

No decorrer da história alguns de nós se deixou levar pela influência maléfica do poder, deixando de cumprir nosso fiel mandamento que é o compromisso irrestrito com a verdade o que maculou de alguma forma nossa imagem perante a sociedade, no entanto, aqueles que souberam honrar seu distintivo se incumbiram de apagar estas arestas, reconquistando a duras penas o prestígio que ora nos é consentido, haja vista os holofotes da mídia cada vez mais reluzentes nas causas médico-legais.

Trabalhamos diuturnamente na confecção de documentos, mesmo longe dos plantões, já que estes servem apenas para coleta de dados e o trabalhoso vem depois com consultas e mais consultas para que nosso laudo possa definitivamente alcançar seu objetivo. Precisamos melhorar ainda mais, com independência política, melhores condições de trabalho, prestígio junto aos gestores públicos e respeito mútuo de nossos pares. Aí sim poderemos festejar com alegria o dia do Médico Legista.

AO VIVO