Menu
Busca quarta, 26 de fevereiro de 2020
(63) 99292-6165
Araguaína
28ºmax
22ºmin
Por: João Gomes da Silva

Construindo idéias virtuosas

14 junho 2011 - 18h49

Estamos vivendo um dos piores momentos da história humana no tocante a valorização da cultura literária e dos valores morais. Isso ocorre, com a banalização da música, dos poemas e dos versos rimados da literatura de cordel prestes a morrer se não for socorrida.

O romantismo agoniza nos seus últimos suspiros por não ter mais a quem cortejar, os compositores tratam "a mulher" pejorativamente nas suas músicas chamando-as de cachorra, e elas gritam em êxtase como se isso fosse natural, depois revidam com letras igualmente agressivas onde fica ausente a dama e o cavalheiro.

Nessa era virtual nada permanece, se alguma coisa tenta perdurar, logo é tratada como ultrapassada. Para está em ascensão tem que ser fútil e temporária, tem que apenas ficar o momento, nada de saudades ou lembranças. Essa idéia das mudanças rápidas atingiu violentamente o comportamento humano em todos os aspectos, forçando-nos a adequações constantes, onde somos induzidos a viver o novo, o atual, o momentâneo.

Essa mazela sentimental está atingindo a nossa alma e a alma de nossos filhos, violentando sistemática e gradativamente valores eternos doados pelo Criador as suas criaturas. Mas a inspiração divina que há em nós não nos deixa calar, ainda que tenhamos negligenciado por algum tempo somos chamados pelo sentimento inspirador a gritar como atalaias, chamando de volta os poetas, as poetisas, os romancistas, cronistas e produtores literários de todos os gêneros para revolucionarmos a mudança de comportamento e sentimento, pois a alma humana já não suporta mais tanta futilidade.

Do que adiante as academias se os acadêmicos estiverem inertes? Seriam como flores artesanais, até tem brilho, mas não tem cheiro. Não podemos permitir que a ilustre memória dos nossos antepassados desapareça, nem aceitar que a nossa história deixe de ser escrita pela delinqüência agressiva dos meios e daqueles que querem viver apenas o momento.


João Gomes da Silva é escritor, teólogo, conferencista e coordenador do Seminário Teológico Paulo Leivas Macalão, em Colinas do Tocantins. E-mail: [email protected]
 

AO VIVO