Menu
Busca terça, 22 de setembro de 2020
(63) 99958-5851
Araguaína
37ºmax
22ºmin
PRODUÇÃO RURAL

Projeto consorciado mostra resultado positivo em 2 anos de estudos, diz Seagro

14 março 2011 - 11h58

 O projeto de pesquisa consorciado em três atividades produtivas aponta bons resultados após três anos de experiência. A pesquisa avaliou em conjunto a criação de ovelhas, plantação de caju, inserido à produção de mel de abelhas. A avaliação iniciou em 2008, no Centro Agrotecnológico de Palmas.

O estudo comprovou que esse sistema produtivo é altamente rentável, o que possibilita gerar emprego e renda para pequenos produtores rurais. Segundo o pesquisador da Unitins Agro, Pedro Moura, as vantagens percebidas são otimistas. “Esse sistema harmônico contribui para rentabilidade da área, além de contribuir para redução dos custos, como exemplo, não precisa fazer a roçagem do capim e, ainda, os estercos dos animais servem como adubos orgânicos”, argumentou.

Moura diz ainda que, as abelhas, por exemplo, produz o mel e serve de polinizadoras das flores para os cajueiros, aumentando assim, a produtividade dos frutos. O cajueiro produz os frutos e garante a sombra para os descansos dos ovinos. As ovelhas, por sua vez, são fontes de renda para os produtores na comercialização e no uso da alimentação da carne.

Esse sistema é multifuncional por apresentar variedades de alternativas para a produção de fruticultura. Nele, podem ser escolhidas diversas plantas frutíferas como o coco, manga, laranja e frutas nativas, além do plantio de outras culturas como o pinhão manso e o eucalipto.

O experimento é realizados em uma área de 20 mil metros quadrados, contendo 8 piquetes divididos em áreas para rotação da pastagem. A rotação é feita de 5 em 5 dias, em cada área.“Esse manejo permite o controle das verminoses nos animais”, lembrou Moura.

Agrotins
Nesta Agrotins 2011, serão apresentadas as fases de implantação do projeto para os produtores rurais. Na ocasião, serão mostradas as técnicas que foram aplicadas para o desenvolvimento deste sistema de criação.

A pesquisa é fruto de uma parceria entre, a Seagro – Secretaria da Agricultura, da Pecuária e do Desenvolvimento Agrário, da Unitins Agro, do Ruraltins – Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins e da Embrapa – Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. (Da Assessoria de Imprensa/Seagro)
 

AO VIVO