Menu
Busca sábado, 24 de outubro de 2020
(63) 99958-5851
Araguaína
30ºmax
22ºmin
ECOTURISMO

Adtur discutirá conservação de áreas particulares de patrimônios naturais

15 março 2011 - 09h24

Acontece na manhã da próxima quinta-feira, 17, às 8h, uma reunião do presidente da Agência de Desenvolvimento do Turismo (Adtur) Lúcio Flavo Adorno e os membros da Associação de Proprietários de Reservas Particulares de Patrimônios Naturais (RPPN). O objetivo do encontro, é a reestruturação da Associação, a conservação destas áreas e o desenvolvimento de atividades de ecoturismos nas mesmas.

Segundo Lúcio Flavo, o Estado possue 7 RPPN´s, nas regiões do Araguaia, Jalapão e Palmas e as mesmas estão praticamente desativadas no que diz respeito ao ecoturismo. “Temos conhecimento de algumas que com atividades pertinentes à pesquisa científica, como seqüestro de carbono e queremos que a utilização delas vá além disso”.

No encontro estarão presentes o presidente da Confederação Nacional de Reservas Particulares de Patrimônio Nacional, Rodrigo Castro e do presidente da Associação dos Proprietários de Particulares de Patrimônio Nacional de Mato Grosso do Sul, Laércio Machado, que falarão sobre os benefícios gerais destas áreas e darão visibilidade da importância das mesmas.

“Somos conhecedores de que de imediato, o retorno que se tem em uma área como esta, é o fator conservação, mas a partir de atividades ecoturísticas, podem torná-las muito rentáveis a seus proprietários”, afirmou Adorno.

RPPN´s
A Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) no Brasil é um dos tipos de unidades de conservação previstas no Sistema Nacional de Unidades de Conservação da Natureza (SNUC). No artigo 21 da Lei nº. 9.985, de 18 de julho de 2000, que criou o SNUC, consta que "A Reserva Particular do Patrimônio Natural é uma área privada, gravada com perpetuidade, com o objetivo de conservar a diversidade biológica". (Da Ascom Adtur)

AO VIVO