Menu
Busca sexta, 28 de fevereiro de 2020
(63) 99292-6165
Araguaína
31ºmax
22ºmin
AMEAÇA

Freire Júnior denuncia ameaça ao território tocantinense

25 março 2011 - 19h09

O líder do governo na Assembléia, deputado Freire Júnior (PSDB), denunciou, durante a sessão de quinta-feira, 24, que o território do Tocantins corre o risco de perder uma área maior que o município de Mateiros para o Estado da Bahia. Ele pediu a união dos parlamentares em torno da causa que é de interesse de todos.

É um crime contra o Tocantins, um atentado à soberania do Estado, um assalto ao território que é nosso por direito e por justiça!”, defendeu o deputado da tribuna.

De acordo com Freire Júnior, o Supremo Tribunal Federal tende a dar razão à Bahia, por conta de um levantamento topográfico realizado pelo Exército Brasileiro que não levou em conta um acordo histórico, realizado em 1919, entre goianos e baianos.

O acordo definia que “na Chapada da Mangabeira será traçada uma linha pelo meio da Lagoa do Veredão, correspondendo à nascente do Rio Soninho”.

Freire Júnior ressalta que, no levantamento do Exército, o ponto de partida entre a divisão do Tocantins com a Bahia não começa no “meio da Lagoa Varedão”, mas sim a partir das escarpas da serra que une os dois Estados.

O parlamentar fez questão de ressaltar que a perda, caso venha a se concretizar, é responsabilidade dos governos passados que teriam deixado de indicar um técnico para acompanhar os processos no Supremo Tribunal Federal. Ele informou ainda que o governador Siqueira Campos (PSDB) já acionou o procurador-geral do Estado, Bruno Nolasco de Carvalho, para tentar deter e reverter a situação. (Da ascom AL)


 

AO VIVO