Menu
Busca domingo, 20 de outubro de 2019
(63) 99292-6165
Araguaína
34ºmax
21ºmin

Reunião cria grupo gestor do programa Mais Alimentos no TO

21 outubro 2010 - 10h46

Para fortalecer e garantir a execução das ações do programa mais alimentos no Tocantins, o governo do estado por meio do Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins (Ruraltins), Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seagro), Universidade Estadual do Tocantins (Unitins) em parceria com a Federação dos Trabalhadores na Agricultura Familiar (Fetaet), Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e a Delegacia Federal do Ministério de Desenvolvimento Agrário (MDA), reuniram-se na sede do Ruraltins em Palmas, para criar o grupo gestor estadual das ações do programa. O evento acontece hoje, 20, das 14 horas às 16 horas na sala de reunião do órgão.

O grupo tem uma função específica, que é planejar, levantar demandas tecnológicas, executar, monitorar, avaliar e divulgar todos os resultados relacionados ao programa mais alimentos no Tocantins. Para que os benefícios cheguem a quem realmente necessita, os representantes das instituições terão um trabalho de suma importância, contando com a participação ativa dos agricultores familiares que são os maiores beneficiários. É o que afirma o representante do Ruraltins Hélio Souza.

Ainda de acordo com Souza, o grupo fará levantamento de demandas tecnológicas para agricultura familiar no Estado do Tocantins para o período de 2011 a 2014. “Sabemos que o Estado ainda precisa de muita tecnologia, principalmente as que são apropriadas para os pequenos agricultores. Com a criação do grupo os interessados terão mais acesso as ações”, diz Souza.

Durante a criação do grupo foi discutido sobre a realização de um seminário estadual em Araguaína para divulgação do programa “Mais Alimentos” e levantamento de demandas na região Norte, onde contará com a participação de técnicos e agricultores.


Programa Mais Alimentos

É uma das linhas de crédito do Pronaf, que financia investimentos em infraestrutura da propriedade familiar. Outra linha importante é a que visa a integração entre pesquisa, extensão rural e agricultura familiar, que torna acessível novas tecnologias ao homem do campo. (Da assessoria de imprensa Ruraltins)
 

AO VIVO